Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Em confronto inédito, Remo busca superar um time gaúcho após 18 anos

Contra o Esportivo, Leão poderá repetir feito de quase duas décadas

Andre Gomes

O sorteio da Copa Brasil promoveu ao Remo um duelo inédito na história do clube. Jamais o Leão jogou contra o Esportivo-ES em seus 116 anos de história e agora o fará na casa da equipe gaúcha. Aliás, esta será uma oportunidade para o time azulino despachar um gaúcho na Copa do Brasil após 18 anos.

Um gigante no caminho

A única vez que o Remo conseguiu tal feito foi na Copa do Brasil de 2003, vencida pelo Cruzeiro. Depois de eliminar o Ypiranga-AP, no Amapá, por 3 a 1, o Leão encarou um dos gigantes do futebol brasileiro na segunda fase do torneio mata-mata: o Internacional.

Jogo de ida

Na época, nas primeiras duas vezes da competição, caso o visitante vencesse o primeiro jogo por dois gols de diferença, se classificava. Mas o Inter do técnico Muricy Ramalho foi surpreendido no Mangueirão, no dia 19 de março de 2003, com o gol do zagueiro Irituia. A vitória deu a vantagem do empate ao Remo.

A volta

No jogo de volta, Sangaletti ainda abriu o placar para o Internacional, mas o atacante Ivan empatou no segundo tempo. André empatou, no entanto, o Remo se classificou pelo gol marcado fora de casa e avançou às oitavas de finais, para encarar o Flamengo-RJ. Resta saber se contra o Esportivo, o Leão também dará razões à Nação Azul para comemorar.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES