Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Depois da eliminação na Série C, diretoria do Remo planeja coletiva para fazer balanço; entenda

Diretoria azulina entra em silêncio após eliminação e planeja comunicado para os próximos dias

O Liberal

Com a eliminação da Série C ainda presa na garganta, a diretoria do Remo continua em silêncio sobre a situação do elenco, depois de promover um dos maiores investimentos salariais da competição e terminar a primeira fase na 12ª posição, com 26 pontos. Sem calendário certo para os próximos meses, a direção azulina deve promover uma entrevista coletiva para falar sobre o fiasco nas quatro linhas e quais as consequências para o clube, conforme informou a assessoria de imprensa, mas ainda sem data definida. 

Ao menos é o que se projeta para os próximos dias, de acordo com as poucas informações que se obteve no clube, desde a derrota para o Botafogo-SP, no último sábado. Ao desperdiçar a última oportunidade de se manter em busca do acesso, os azulinos frustraram não só eles próprios, mas principalmente a torcida e as finanças do clube, que bancaram aquela que é considerada uma das maiores folhas salariais da Série C, gira, segundo informações, em valores acima de R$ 1 milhão mensais para cerca de 40 jogadores contratados do início do ano até aqui. 

Alguns meses atrás, o conselheiro do clube e ex-vice-presidente e diretor de futebol, Marco Antônio Pina, fez um desabafo que se tornou real. "Ano passado, conseguimos a proeza de ir para a Série B e sete meses depois voltamos à Série C. Tivemos um prejuízo de, no mínimo, 25 milhões. Diretoria do Remo, não se cuidem, não tomem providência para ver se a gente não volta para a Série D. O recado tá dado", disse na época, com certo grau de acerto. 

SAIBA MAIS

Na reta final da Série C, Remo tem dificuldades para encontrar um camisa 10; improvisos marcam time
Não tem sido fácil achar um meia armador para ajudar o time na busca por uma vaga na próxima fase da Série C


Desde que subiu da Série D, Remo conseguiu classificação na Série C apenas uma vez; veja números
Ocasião ocorreu em 2020, ano que o Leão Azul conseguiu o acesso à Série B do Brasileirão


Remo perde para o Botafogo-SP e está eliminado da Série C 2022; vídeo
Com os resultados da rodada, o Leão terminou a Terceirona na 12ª posição, com 26 pontos conquistados.


 

Apesar dos investimentos maciços para a realidade local, o Remo deixou a desejar em campo, com atuações aquém do esperado, ao perder pontos preciosos jogando em casa, principalmente nos momentos cruciais da Série C, como a derrota para o Altos, na 11ª rodada. À beira do gramado, o Leão Azul trouxe Gerson Gusmão, numa polêmica troca de comando, que gerou uma animosidade desnecessária junto ao Botafogo-PB, que hoje se mantém vivo na Série C. 

Os percalços em campo, à beira do gramado e nos bastidores deixaram o time azulino novamente com a sensação de nadar e morrer na beira da praia. Em 19 jogos na Série C, foram sete vitórias, cinco empates e sete derrotas, um aproveitamento de 45.6%. A expectativa para os próximos dias é que comece uma debandada de atletas e do próprio treinador. Caso a expectativa se confirme e a Copa Verde não seja realizada, o Remo deverá entrar de férias mais cedo, numa amarga lembrança de quem já ficou sem calendário e sabe bem do que se trata. 

 

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES