Com imagem da Curuzu, Remo explica o lockdown aos torcedores e cutuca o Paysandu: 'Sem lotação'

Clube fez uma "cartilha" com memes e gírias paraenses explicando a importância de ficar em casa

Fabio Will

Belém, região metropolitana e outras cidades do Pará estão passando pelo lockdown  até o próximo dia 24 de maio. Nesse período funcionam apenas estabelecimentos essenciais  e o pensamento do governo é que circule um número menor de pessoas nestes municípios. Usando as suas redes sociais, o Remo explicou aos torcedores sobre os motivos da paralisação neste momento e cutucou o rival Paysandu.

Usando gírias paraenses e vários memes, o Leão fez uma “cartilha” e passou para população a importância de permanecer em casa nesse momento, explicando que estão proibidas visitas na casa de amigos, namorada, uso de máscaras, álcool em gel e aglomeração de pessoas.

Na última imagem da “cartilha”, o clube explicou como um dono de estabelecimento essencial deve agir e foi utilizada uma imagem do estádio da Curuzu com poucos torcedores e a frase “Sem lotação”, relacionando a capacidade de 50% em comércio tido como básico.

“Não passar de 50% da lotação do local. Não vai deixar a tua loja mais lotada que o Satélite-UFPA de manhã cedo”, postou.

 

Nesse período de pandemia os perfis oficiais do Remo e do Paysandu ficaram se alfinetando, além de passar conteúdos importantes.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES