Atleta do Remo realiza exames para saber se volta a jogar futebol, diz médico do clube

Meia está em Belém e tem contrato com o Remo

Nilson Cortinhas

Ainda não há convicção que o meia Carlos Alberto jogará o Campeonato Paraense 2020 com a camisa do Clube do Remo.

O atleta está em Belém desde o último sábado (11). Em agosto de 2019, ele foi afastado do elenco durante a Série C do Brasileirão, por conta de uma aplasia, que é a insuficiência da medula. 

O médico do Clube do Remo, Jean Clay, informou que Carlos Alberto fará uma bateria de exames para que seja feito um diagnóstico preciso. "Ele continua em tratamento. Nesse momento, estamos repetindo todos os exames laboratoriais, avaliações cardiológicas e avaliações médicas geral", disse Jean Clay, por volta das 17h desta terça-feira (14). O médico enfatizou que o clube irá se pronunciar oficialmente assim que o caso estiver definido. "Provavelmente, na semana que vem, marcaremos uma coletiva para poder passar a situação real do atleta, se ele volta e quando volta a praticar o esporte". 

Apesar da declaração, Jean Clay reafirma que o tratamento de Carlos Alberto gera boas notícias. "Posso adiantar que, no momento, ele tem uma evolução favorável".  

Carlos Alberto tem contrato com o Remo. O clube preferiu ampliar o vínculo para dar apoio ao atleta em um momento difícil. Segundo Jean Clay, além da análise médica, está sendo observado uma outra variável. "Estamos fazendo os últimos testes, vamos iniciar os testes físicos e dependendo da evolução, é possível que ele volte a jogar futebol", disse.  

No caso do meia, não foi preciso a realização de uma cirurgia. O tratamento foi e é medicamentoso.  

 

O caso 

Em julho e agosto de 2019, os médicos do Remo diagnosticaram a insuficiência da medula, causada por um aplasia - uma doença hematológica rara que é a produção insuficiente de células sanguíneas na medula óssea.    

O Remo alegou que a aplasia, a doença desenvolvida por Carlos Alberto, foi silenciosa. Naquele momento, o jogador estava no clube há três meses. Seu contrato era de empréstimo obtido junto a Portuguesa Santista. 

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES