Após decepções em 2019, volante do Paysandu aponta lições e afirma sobre o elenco: 'Grupo mais maduro'

Papão volta à campo no domingo (22), às 18h, no Mangueirão

Andre Gomes

Apesar do título paraense, ninguém esconde no Paysandu que o principal objetivo do ano é o acesso à Série B. Após bater na trave no ano passado, o volante bicolor PH garante que os jogadores estão mais preparados para atravessarem dificuldades semelhantes às de 2019 e evitar novas decepções.

"As adversidades e acontecimentos ruins, se você tem uma postura vencedora, eles vêm para te fazer crescer. Tenho certeza que as pessoas que passaram pelas turbulências da Série C e da Copa Verde do ano passado, eles ficaram mais fortes. Isso transmite para a gente, quando acontece algo semelhante. O grupo fica cascudo, tenho certeza que é um grupo mais maduro", apontou.

Contra o Ferroviário, Papão volta à campo no domingo (22), às 18h, no Mangueirão. Partida tem transmissão lance a lance pelo OLiberal.com.

Confira a entrevista completa de PH:

Resultados dos adversários:

"Isso é uma coisa inevitável, mas a gente sabe que é algo [para] após [do] nosso jogo. Graças a Deus a gente depende só da gente para essa classificação, se terminasse hoje, estaríamos dentro do G4. Então, dependendo da gente, tem que estar focado sempre no nosso resultado. Depois, com certeza, faz parte do nosso dia a dia, olhar a tabela e analisar."

Diferença entre o time de hoje e a equipe na crise:

"O elenco é o mesmo, chegaram algumas peças para somar. Mas tínhamos a certeza que, com o elenco qualificado que tinha, uma hora ou outra iríamos entrar nos trilhos. A gente meio que entendeu bem como se joga a Série C. Não bastava só nossa qualidade, teria que colocar a determinação e a vontade em todos os momentos do jogo. Estamos numa crescente. Pontuamos nos últimos cinco jogos e temos que buscar algo a mais sempre."

Ferroviário:

"[Temos que ter precaução] não só o Ferroviário, mas com todos os nossos adversários. A gente sabe que a Série C é bem nivelada. Não é à toa que estamos nos momentos finais e tem muitos clubes candidatos ao G4 e para serem rebaixados. Mas é uma situação boa, confronto direto. Só depende da gente, apesar de ser um jogo difícil, porém, vai ajudar a subir na tabela."

Contribuição com o time:

"É sempre bom estar contribuir com a equipe dando o meu melhor, dessa vez pude fazer um gol. Então é uma felicidade tremenda. É continuar trabalhando para estar sempre ajudando a equipe, correndo, dando passes, fazendo gol, de qualquer forma tenho que estar disposto a ajudar a equipe."

Otimismo desenfreado:

"Esse clima de oba-oba não existe aqui dentro. Pelo contrário, estamos com todos os alertas ligados, o que já passamos de oscilação nesse campeonato, não serão cinco jogos de invencibilidade que não tiraram nosso fico. O Brigatti já falou para não deixar de dar sequência aos resultados que estamos tendo. Temos que entrar ligados e focados na busca de mais um resultado positivo."

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES