Paysandu define premiação milionária caso passe pelo Internacional. Saiba o valor!

Internacional fará o primeiro jogo em Porto Alegre

Nilson Cortinhas

A diretoria do Paysandu já sinalizou ao elenco que pagará R$1 milhão caso a equipe consiga a façanha de eliminar o Internacional-RS na Copa do Brasil. 
A informação foi confirmada pelo presidente do Papão, Ricardo Gluck Paul. "Futebol não se faz sem esse tipo de motivação", garantiu. "Não tenho problema de falar as coisas: combinamos que se passarmos pelo Internacional o bicho será de R$1 milhão", revelou, assegurando que a informação é em 'primeira mão'. 
Como campeão da Copa Verde 2018, o Papão já entrará na reta final da competição. Os dois times se encontram pela oitavas de final da competição nacional. A participação já rendeu R$2,5 milhões. O clube faz uma projeção considerado a arrecadação oriunda do valor da renda de bilheteria. "R$4 milhões. Não seria justo não dividirmos com os jogadores", estimou Gluck Paul.  
O confronto de ida entre o Paysandu e o Internacional está marcado para 23 de maio, quinta-feira, às 20 horas, no estádio Beira Rio, em Porto Alegre (RS). A partida de volta será no dia 29 de maio, quarta-feira, às 19h15, no Mangueirão, em Belém (PA). 

Histórico 

Essa é a primeira vez que as duas equipes se enfrentam na Copa do Brasil. O vencedor do duelo avança para as quartas de finais e aguardará um novo sorteio para conhecer o adversário na próxima fase.
O Internacional é uma equipe extremamente competitiva, que passou para a segunda fase da Libertadores da América. A diretoria do Paysandu crê que é possível protagonizar o que seria uma classificação inesperada. "O Paysandu tem que se inspirar na história própria: Boca Jrs, Cerro Porteño e vários outros jogos épicos", disse Gluck Paul.
Premiação 
Ricardo Gluck Paul também já debateu com o elenco sobre premiação para acesso à Série B do Campeonato Brasileiro. "Temos combinado com o elenco uma série de premiações para as fases mais importantes. Há premiação para o acesso e para o título". Questionado sobre o valor, Gluck Paul não foi preciso. "Não chega a R$1 milhão". A Copa do Brasil é rentável daí os valores mais favoráveis.  

Paysandu