Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Pai de Yago Pikachu desconhece interesse de futebol japonês no atleta; saiba mais

Desde a madrugada desta terça-feira, surgiu a notícia de que o jogador paraense poderia se transferir para o Japão, mas a informação, segundo o pai do atleta, não chegou ao conhecimento dele

Luiz Guilherme Ramos

A notícia sobre uma possível transferência do lateral-direito Yago Pikachu pegou os fãs do atleta de surpresa. De acordo com o jornalista Jorge Nicola, do portal Yahoo Esportes, existiriam negociações avançadas entre o atleta e o Shimizu S-Pulse, do Japão, que inclusive estaria disposto a pagar a multa rescisória de R$ 5,3 milhões ao Fortaleza, detentor os direitos federativos do lateral artilheiro.

Hoje, a carreira de Yago Pikachu é gerenciada pela Yp2sport em parceria com a Gol Brasil, sendo a primeira representada pelo pai do atleta, Carlos Lisboa, e o próprio, em conversa com a reportagem do Núcleo de Esportes de OLiberal.com, disse desconhecer o interesse de qualquer clube do exterior.    

"Até o momento não temos conhecimento. Estão rolando algumas especulações, mas não tem nada concreto nisso. Na realidade, nem sei porque está saindo isso, porque não temos contato com ninguém do Japão. Até agora não chegou nada para mim ou para o Yago", explica.

SAIBA MAIS

Ex-Paysandu, Yago Pikachu deve trocar Fortaleza por time japonês
Novos ares esperam o paraense, que também já passou pelo Vasco da Gama


Pikachu fala sobre atuar fora do país e Seleção Brasileira: 'convocação vai sair naturalmente'
Yago Pikachu é peça importante no Fortaleza e o nome do jogador vem ganhando força para uma possível convocação para a Seleção Brasileira


Torcedores e jornalistas opinam sobre convocação de Yago Pikachu para a Copa do Mundo de 2022
Nesta quinta (23), o Paysandu, clube que revelou o jogador,  iniciou uma "campanha" no twitter para levar o lateral-direito à Seleção Brasileira


 

Segundo ele, Yago Píkachu tem contrato com o Fortaleza até o final de 2023 e segue trabalhando firme no Leão do Pici, onde se destaca como o principal jogador do elenco, com 17 gols e oito assistências em 41 jogos. O interesse do futebol japonês, caso seja real, pode ser graças ao técnico do time, Zé Ricardo, que trabalhou com Yago em 2017 e 2018 no Vasco da Gama.

Ricardo pediu demissão do Gigante da Colina em junho deste ano, após receber proposta do Shimizu S-Pulse. As informações divulgadas dão conta de que, em caso de acerto, Yago poderia dobrar seus vencimentos, hoje na casa dos R$ 250 mil mensais.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES