Novo técnico do Paysandu chega com proposta de jogo reativo e fama de 'retranqueiro'

Matheus Costa será apresentado nesta terça-feira (21)

André Gomes

Lembra das polêmicas sobre a linha alta no Paysandu? Esqueça isso, torcedor bicolor. Nesta terça-feira (21), o Papão apresenta o técnico Matheus Costa, com um perfil e ideias diferentes do ex-treinador do Bicola Hélio dos Anjos. Matheus estará no banco no jogo de sábado (26), contra o Botafogo (PB), às 19h, no Almeidão. A equipe de esportes de O Liberal traz um pouco do perfil do treinador, que dará sequência ao principal objetivo do Papão no ano, o acesso à Série B do futebol brasileiro.

Estilo de jogo

Quando o nome de Matheus Costa é pesquisado nas redes sociais, são várias as críticas de jornalistas e torcedores dos clubes por onde Matheus passou. Inclusive, não são poucas as vezes em que o técnico é tachado de "retranqueiro". Apesar de já ter apresentado variações, inclusive com uma linha de três zagueiros, o esquema mais utilizado por Matheus Costa no início das partidas é o 4-2-3-1.

Quando suas equipes chegam com o placar a favor no segundo tempo das partidas, o treinador costuma realizar substituições com o intuito de fortalecer a defesa, além de recuar um pouco mais seus times. No entanto, essas medidas, por diversas vezes, não resultou na Série B do ano passado, quando estava no Paraná.

Foram vários empates cedidos, após o time sair vencendo. No total, o Tricolor da Vila somou 14 empates, o mesmo número de vitórias. Além disso, outros números que reforçam a atenção de Matheus ao sistema defensivo, é que em 38 jogos na última Segundona, o Paraná marcou apenas 34 gols e tomou somente 33.

Retrospectos

Campeão sergipano invicto pelo Confiança, Matheus levou a equipe até a semifinal da Copa do Nordeste deste ano. O técnico também conseguiu um acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro em 2017 com o Paraná Clube. Na época, ele teve a terceira melhor defesa com 28 gols sofridos em 38 partidas. Agora, Matheus tem a missão de fazer o Bicola retornar à Segundona, após quase dois anos do rebaixamento, em 2018.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES