Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Há 76 anos, Paysandu goleava o Remo por 7 a 0 dentro do Baenão

Partida ocorreu pelo primeiro turno do Campeonato Paraense de 1945

Fabio Will / O Liberal

O 22 de julho é especial para o torcedor do Paysandu. Nesta data, no ano de 1945, o Paysandu derrotou o Remo dentro do Estádio Evandro Almeida - Baenão, pelo placar de 7 a 0. É a maior goleada no clássico Re-Pa.

O triunfo dentro da casa do adversário foi válido pelo Campeonato Paraense e é lembrado até hoje pelo clube. Os gols da goleada alviceleste foram marcados por Soiá, que balançou a rede três vezes, Hélio marcou outras duas e Nascimento e Farias fecharam o placar.

O número 7 possui um carinho especial aos torcedores. A camisa 7 foi aposentada no Paysandu, além de ser a numeração predileta de vários torcedores na hoje de personalizar a camisa bicolor. Em algumas camisas lançadas pelo clube o número sempre esteve presente, além, do feito ser eternizado em uma marchinha bem famosa do clube, onde cantam “

Ficha técnica de Paysandu 7 x 0 Remo

Local: Estádio Evandro Almeida – Baenão – Belém (PA)

Data: 22.07.1945

Árbitro: Alberto Gama Malcher

Auxiliares: Antônio Monteiro e Madson Vasconcelos

Expulsos: Arleto (Paysandu) e Vicente (Remo)

Gols: Hélio 1’/1T, Farias 1’/2T, Soiá 4’/2T, Soiá 9’/2T, Soiá 20’/2T, Hélio 24’/2T e Nascimento 44’/2T

REMO: Tico-Tico; Jesus, Expedito, Mariosinho e Rubens; Vicente, Monard, Jeju e Jango; Capi e Boró.

PAYSANDU: Palmério; Izan, Athenágoras, Mariano e Manoel Pedro; Nascimento, Arleto, Farias e Hélio; Guimarães e Soiá.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES