Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Gaúcho: volante Mikael é apresentado ao Paysandu

O reforço para o elenco de Marcio Fernandes tem histórico longo no futebol do sul, onde jogou até o final do ano passado

Luiz Guilherme Ramos


O Paysandu apresentou oficialmente o volante Mikael, o quarto reforço para a defesa bicolor, na sequência do Campeonato Paraense. Aos repórteres, o atleta concedeu entrevista nesta sexta-feira, após conhecer o grupo. Mikael trabalhou com bola, sob o comando do técnico Márcio Fernandes. 

Com 1,84 de altura, o defensor disse estar empolgado com o desafio de vestir a camisa do Paysandu, depois de uma carreira inteira atuando em clubes do sul do Brasil. Com passagens por Pelotas/RS, São Paulo/SP, São Gabriel-RS, Farroupilha-RS, Passo Fundo-RS, Juventus Jaraguá-SC, Marcílio Dias-SC e Ypiranga-RS, ele vem para o norte em um momento físico privilegiado. “Eu já vinha atuando no Ipiranga, fiquei quatro dias parado e estou em ritmo de jogo”, garante. 

Segundo ele, as primeiras impressões sobre jogar tão distante do local de origem - Mikael é gaúcho - não têm se mostrado um fator determinante. “Eu joguei bastante tempo no sul, e a temperatura é igual. Em Porto Alegre é sol de rachar no verão, e quando chove é bastante. Não é que nem aqui, mas é bastante calor. Quando chove, chove quase o dia todo. Dá para encarar”, assegura. 

Mikael joga como primeiro volante, e diz estar à disposição do técnico Marcio Fernandes para cumprir outras funções em campo. “Tenho qualidade de sair jogando, mas a principal característica é a marcação. A gente ajuda os meias, pode fazer outra posição, mas a função é essa”. Atualmente, o Paysandu conta com cinco atletas da posição: Yure, Bileu, Christian, Thiago Felipe e Mikael. 

Do atual elenco, o atleta diz conhecer o zagueiro Heverton, defendendo as cores do Pelotas/RS. “Jogamos em 2015, já temos um bom entrosamento e isso pode ajudar bastante. O grande desafio do atleta, ao que tudo indica, deve ser o estilo de jogo predominante no Parazão, por conta dos gramados. “Todos os campeonatos são muito jogados. Agora, com os campos molhados, fica mais complicado. Vejo como adversidades que precisamos passar por cima para ganhar três pontos”, encerra. 

Antes de vir para o Paysandu, Mikael jogava no Ypiranga/RS onde disputou na temporada passada 31 partidas e fez dois gols.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES