Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Com Marlon artilheiro, Paysandu vence Botafogo-PB de virada e assume liderança da Série C; vídeo

Partida foi bastante disputada. Bicolores começaram atrás no placar, mas Marlon marca duas vezes, deixando o time na liderança do campeonato, com 21 pontos

Luiz Guilherme Ramos

Disposto a chegar à quarta vitória e a liderança da Série C, o Paysandu tomou um grande susto em plena noite dos namorados. Depois de sair atrás no placar contra o Botafogo-PB, na Curuzu lotada, os bicolores conseguiram uma virada emocionante e venceram a partida por 2 a 1, assumindo de forma isolada a liderança da competição, com 21 pontos.

Whatsapp: saiba tudo sobre Paysandu. Recêêêba!

Os dois times fizeram um jogo puxado, com bons momentos e muitas oportunidades de gol. Diante de um estádio lotado, os bicolores logo partiram para o ataque, usando como parte tática as investidas pelas laterais, enquanto os visitantes valiam-se dos contra-ataques. 

Veja como foi a partida Lance a Lance:

Nos primeiros 10 minutos o Paysandu foi mais ofensivo. Aos 3, houve a primeira tentativa bicolor. Marlon acionou Serginho, que achou Patrick Brey na esquerda. O lateral mandou para a área e Leandro Camilo cortou para escanteio. Apesar da maior posse de bola, coube ao Botafogo ser o primeiro a exigir dos goleiros. Aos 23, Leilson recebeu na direita, bateu cruzado e Thiago Coelho segurou firme. 

SAIBA MAIS

Com Danrlei entre os titulares, Paysandu está escalado para duelo contra o Botafogo-PB
Técnico bicolor, Márcio Fernandes promoveu algumas mudanças na equipe que encara o Belo


Casal Re-Pa: pandemia, encontro em supermercado, amor, zoeira e rivalidade de quem vive Leão e Papão
Beatriz Reis e Adriano Cordovil estão há quase dois anos juntos e se conheceram no lançamento do Parazão 2020. Casal escolheu um supermercado, único lugar aberto na pandemia, para o primeiro encontro


 

Apenas três minutos depois, Elias cruzou na área, Thiago tentou segurar, mas a bola sobrou para Gustavo Coutinho. O jogador girou e fez o chute, obrigando Thiago Coelho a fazer uma grande defesa. O problema da falta de pontaria acabou custando caro aos donos da casa. Nos acréscimos da primeira etapa, o Botafogo avançou pela esquerda com Alessandro. No cruzamento, Leílson chegou por trás da zaga e empurrou para as redes, abrindo o placar em favor dos paraibanos, 1 a 0.

O gol deixou o time bicolor atordoado, por sorte, o primeiro tempo encerrou em seguida. No retorno, o técnico Márcio Fernandes promoveu três alterações e colocou Gabriel Davis, Robinho e Pipico, nos lugares de Leandro Silva, Serginho e Danrlei. Leandro Silva sofreu um baque na cabeça e Danrlei sentiu um leve desconforto na coxa direita e preferiu sair para não forçar o corpo.

Com isso, o time se lançou ao ataque e passou a pressionar ora pelas laterais, ora pelo meio-campo. O cartão de visitas do time bicolor veio com Patrick Brey, aos 9 minutos. O volante finalizou com precisão e a bola bateu no travessão. Aos 20, Robinho cobrou falta à longa distância e levantou bola na grande área, mas a redonda fechada foi cortada e o Botafogo iniciou contra-ataque na sequência. 

Paysandu e Botafogo-PB

A partir dos 20 minutos, o jogo ficou um pouco mais pesado, com muitas faltas e paralisações. Márcio Fernandes colocou Marcelo Toscano no lugar de José Aldo para deixar o time mais ofensivo, enquanto Gerson Gusmão colocou Pablo, Anderson Rosa e Alan Grafite. O Papão pressionou bastante, recebeu o apoio da torcida e aos 33 veio a consagração pelos pés de Marlon, que aproveitou jogada e empatou a partida, tornando-se o artilheiro da competição, com sete gols.

A redenção veio em seguida. Aos 35, Pipico arrancou pela esquerda e foi derrubado na grande área. O árbitro assinou a penalidade e Marcelo Toscano, com muita segurança, entregou para Marlon bater convertendo em 2 a 1, para o delírio da nação bicolor. A partir daí, a Curuzu virou um caldeirão e aos gritos da torcida, os bicolores tiveram a sua apoteose em plena noite dos namorados, reafirmando mais uma vez o caso de amor com a Fiel Bicolor.

 

Ficha técnica:

Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP)
Assisntentes: Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP) e Alberto Poletto Masseira (SP)
Quarto árbitro: Djonaltan Costa de Araujo (PA)
 
Cartões Amarelos: Elias, PH, Luiz Carlos (Botafogo) Pipico, Robinho, Genílson (Paysandu)
Cartões vermelhos: Luiz Carlos e Anderson Rosa (Botafogo-PB)
 
Paysandu:  Thiago Coelho; Leandro Silva (Gabriel Davis), Lucas Costa, Genílson ©, Patrick Brey; Mikael, João Vieira (Wesley), José Aldo (Marcelo Toscano), Serginho (Robinho); Marlon e Danrlei (Pipico). 
Técnico: Márcio Fernandes
 
Botafogo:   Luis Carlos; Elias, Leandro Camilo ©, Paulo Victor, Salomão; Adriano Jr (Pablo), PH, Alessandro (Anderson Rosa), Nadson (Adilson Bahia); Leilson (Alan Grafite) e Gustavo Coutinho (Vitor Golas)
Técnico: Gerson Gusmão 

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES