Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Conheça algumas curiosidades sobre a defesa do Paysandu na temporada 2021

Papão possui uma das melhores defesas do Parazão e já está há quatro partidas sem tomar gols

Redação Integrada

O Paysandu terminou a primeira fase do Parazão na segunda posição com 19 pontos conquistados. A equipe bicolor teve um início de campeonato bem conturbado, mas aos poucos conseguiu arrumar a defesa, que não sofre gols há quatro partidas. São mais de 400 minutos sem gols.

O sistema defensivo bicolor aos poucos vai ganhando confiança, mesmo que a torcida alviceleste ainda tenha suas críticas, mas o último gol que o Paysandu tomou foi contra o CRB-AL, aos dois minutos do segundo tempo, pela Copa do Brasil, na derrota por 2 a 1, na Curuzu, no dia 13 de abril. Desde então são 403 minutos (fora os acréscimos) sem levar gols.

SEGURANÇA

Após falha no clássico diante do Remo, o goleiro Victor Souza sacramentou seu lugar no gol bicolor. Com 28 anos, a desconfiança dos torcedores foi ficando de lado e é uma das lideranças da equipe em campo e homem de confiança do técnico Itamar Schulle.

MÉDIA DE GOLS

A defesa bicolor terminou a primeira fase como uma das melhores do Parazão. Foram seis gols sofridos em oito jogos disputados, ficando atrás apenas do Itupiranga com cinco gols e empatada com a do Independente. Na temporada, juntando os jogos da Copa do Brasil e do Parazão, são 10 jogos e oito gols sofridos. Uma média de 0.8 gols por partida.

ZAGUEIRO “MATADOR”

Outro dado interessante é que a defesa também tem ajudado bastante o Paysandu lá na frente. O zagueiro Denilson, que também atua como volante, já marcou três vezes nessa temporada com a camisa do Papão, um na vitória que deu a classificação ao Bicola na primeira fase da Copa do Brasil diante do Madureira-RJ, outro na vitória por 1 a 0 contra o Independente pelo Parazão e por último no clássico diante da Tuna, na Curuzu.

MAIS UTILIZADOS

Durante essa temporada o técnico Itamar Schulle utilizou quatro jogadores na posição: Yan, Perema, Denilson e Kerve (base), sendo que Perema com 10 e Yan e Denilson com oito jogos, são os que mais atuaram.

NA CURUZU

Dos oito gols que o Paysandu levou neste início de temporada, a maior parte deles ocorreram na Curuzu. Foram sete gols sofridos dentro de casa, quatro deles contra o Remo, na vitória azulina por 4 a 2, pela quarta rodada do Parazão. Mais dois contra o CRB pela Copa do Brasil e um do Castanhal, no empate de estreia do estadual.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES