Artilheiro do Paysandu em 2019 e 2020, Nicolas fala sobre renovação contratual: ‘Precisa ser algo consistente’

Atacante tem 19 gols com a camisa do Paysandu

Redação Integrada

Nesse período após a paralisação, entre o treinamento e a primeira partida oficial, o atacante Nicolas tem observado o seu nome envolvido em polêmicas.

O primeiro fato foi um registro fotográfico, em Salinópolis, em que o artilheiro bicolor aparece sem máscara e posando para fotos com torcedores em meio aos pedidos de órgãos públicos para manter os cuidados e distanciamento social. O segundo fato foi uma brincadeira que envolveu o ex-zagueiro do Paysandu, Victor Oliveira, que relatava uma transferência de Nicolas para o futebol de Santa Catarina, precisamente, para o Figueirense. 

Ele explicou estes e outros assuntos na coletiva, realizada virtualmente pela Assessoria de Comunicação do Paysandu. Sobre uma transferência para outro centro, Nicolas preferiu falar a respeito de uma renovação contratual com o clube. Foi um dos assuntos pertinentes. O contrato de Nicolas encerra em novembro, precisando ser ampliado, portanto. “Sou feliz hoje no Paysandu. Todos sabem da minha vontade de permanência. Já estamos conversando algum tempo sobre a permanência. Podemos chegar num acordo, dentro da normalidade, dentro da realidade do clube”, afirmou.

Para seguir vestindo azul e branco, Nicolas coloca uma condição, no entanto. “Seria algo mais prolongado, mais consistente, sendo que o Paysandu e o Nicolas fariam projeto bacana para ambas partes. É algo que me alegra e deixa confiante”, ressaltou.

A respeito do episódio de Salinas, conforme já havia dito, de forma exclusiva ao Liberal, Nicolas garante que foi um descuido, mas sem consequências. “Foi um erro. Repercutiu demasiadamente. Não foi uma reportagem bacana de quem fez. Isso não tira o fato de estar errado. Em nenhum momento, coloquei alguém risco, pelo fato de já ter positivado por covid. Isso não deve acontecer porque vivemos um momento delicado”, afirmou.

À despeito das polêmicas, até então, Nicolas tem dado retorno ao clube. Em 2019 e 2020, os números do atacante são favoráveis. Foram 19 gols, sendo 12 no ano passado e sete na atual temporada. O bom desempenho coloca Nicolas na condição de um dos ídolos bicolores, com relação de confiança com a torcida. Porém, esta relação vai ser um pouco prejudicada. Nesse momento, após a paralisação, não está liberado público nos estádios por conta das medidas restritivas para evitar o novo coronavírus. “Será uma situação incômoda. Quando fala em Paysandu se remete a estádio cheio, torcida atuante e fanática. As medidas que serão tomadas para minimizar isso são válidas. Não irão resolver, mas são válidas. Teremos que passar por esse momento”, ponderou. “Nosso objetivo é conquistar. Vamos passar por cima disso”, garantiu.

Apesar de ser referência de gols e bom futebol, o atleta divide a responsabilidade de conquista de títulos, que falta para o atual grupo, com os demais companheiros. “Cada um tem a sua parcela de responsabilidade. Todos têm a noção do que é jogar pelo Paysandu, disputar campeonato pelo Paysandu. Vamos assumir a responsabilidade e vamos chegar onde queremos, de verdade”.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES