Paraense, atleta de futebol freestyle busca bi mundial nos Estados Unidos

Ricardinho foi campeão em 2017 e vem de um vice no ano passado

Andre Gomes

Campeão mundial em 2017, Ricardo Chahini, o Ricardinho, vai em busca de mais uma conquista no futebol freestyle. O paraense disputa no próximo dia 15 de novembro o Red Bull Street Style, torneio internacional da modalidade, que ocorre em Miami, Flórida (EUA). Atletas de mais de 50 países buscam o título nas categorias masculina e feminina.

DEDICAÇÃO

Há dez anos envolvido com o esporte, uma paixão que surgiu brincando com os amigos, Ricardinho, de 21 anos, quer recuperar o topo do pódio, após bater na trave no mundial passado.

"Venho me dedicando sempre para subir aos pódios. Depois de conquistar o mundial em 2017, em Praga (República Tcheca), e, após quase quebrar o pé, eu subi no palco do mundial da Red Bull em 2018 e fui para a final e quase ganhei", contou.

COMPETITIVIDADE

Ricardinho revela que o freestyle o ajudou a realizar sonhos que nem mesmo ele esperava que fosse capaz de consumar. Por exemplo, desde que começou na modalidade, o atleta conheceu 16 países. Ricardinho reflete sobre as mudanças desde que investiu no esporte.

"O que mudou foi justamente a competitividade, o Ricardinho de 10 anos atrás só queria fazer por diversão e  o esporte mudou o meu olhar. Eu vejo isso como um trabalho hoje, o freestyle mudou a minha vida", afirmou.

DIVULGAÇÃO

Hoje, o paraense aposta na divulgação do próprio trabalho e divide a preparação para o torneio mundial, com ações de marketing. Porém, segundo Ricardinho, nada disso o impede de treinar duro. "Esse ano, o ritmo está bem menor que nos últimos anos, devido eu estar trabalhando mais no marketing, nas apresentações. Mas continuo em um treino intenso, estou treinando de tarde e à noite e sempre buscando evoluir".

CONSELHO

Enquanto a busca pelas próprias realizações continua, Ricardinho também tem conselhos para quem quiser ir atrás dos objetivos na vida por meio do freestyle.

"Para qualquer mundo que a pessoa queira entrar, tem que saber que é preciso trabalhar duro. Depois, quando você conquista as coisas, parece que foi simples. É meio clichê, mas se você trabalhar duro por aquilo, você vai conseguir. Para entrar no freestyle, basta treinar muito, que a pessoa vai conseguir", finalizou Ricardinho.

Acompanhe o trabalho do atleta por meio do Instagram: @ricardochahini

Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES