Na luta pelo brasileiro, paraense, morador de Salinas, conquista título inédito no Ceará

Surfista foi único atleta do Norte do país a desembarcar na competição por colaboração e “vaquinha” feita por amigos e familiares

Redação Integrada com informação da assessoria

O atleta salinense Nayson Costadede, de 22 anos, se sagrou campeão da segunda etapa do circuito brasileiro de surf, no Campeonato Maresia CBSurf Pro Tour 2020 Taíba, no Ceará-CE. Com essa vitória, o atlera pulou do 145º lugar para 5º no Ranking da CBSurf Pro 2020, e ainda levou pra casa R$12 mil de premiação. O título foi obtido na tarde desta sexta-feira (27). 

O jovem nasceu na Praia do Atalaia em Salinópolis, litoral paraense. Nayson realizou o sonho de qualquer garoto ou garota da praia que já tiveram contato com uma prancha de surf.

O título inédito veio em uma reviravolta emocionante e nos instantes finais da última bateria, quando acabou vencendo a etapa sobre o catarinense Ian Gouveia, que esteve na liderança em grande parte da disputa. O paulistano Wesley Dantas foi o terceiro e o paraibano Samuel Igo, o quarto. Ian Gouveia é filho de Fábio Gouveia, surfista lendário e campeão mundial na década de 1990.

Nayson brilhou em etapa brasileira de surf (Divulgação/Instagram)

Limitações – O surfista paraense foi único atleta do Norte do país a desembarcar na competição por colaboração e “vaquinha” feita por amigos e familiares. Outra particularidade foi que Nayson surfou todo o campeonato com uma prancha emprestada, realidade que não limitou a atuação do paraense. Ele acabou “fazendo a mala” de atletas renomados que disputam o circuito mundial. O salinense não se intimidou e saiu vitorioso por apenas 0,10 décimo (13.60 a 13.50), quando desbancou o catarinense Ian Gouveia. A competição foi de alto nível e contou com boa ondulação, que elevou mais ainda a desenvoltura dos atletas, representantes das regiões Norte, Sul, Sudeste e Nordeste.

Carismático, Nayson Costa, que mora em uma das barracas da praia do Atalaia, foi muito festejado nas areias de Taíba. É a primeira vez na história do surfe brasileiro uma vitória no circuito profissional, tanto para o estado do Pará, quanto para a Região Norte. No ranking do circuito profissional, o paulista Marcos Corrêa, vencedor da etapa inicial, em Ubatuba, manteve a ponta e o potiguar Israel Júnior assumiu o segundo lugar. O circuito segue com a última etapa, em dezembro, na Bahia, quando será definido o novo campeão brasileiro.

A terceira e última etapa do campeonato será no litoral da Bahia de 18 a 20 de dezembro, onde Nayson Costa estará presente representando o Estado do Pará. 

Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ESPORTES

MAIS LIDAS EM ESPORTES