Paysandu fecha com diretor e executivo de futebol. Veja os nomes!

Nova direção do futebol bicolor está sendo montada pelo presidente Ricardo Gluck Paul

redação Integrada

O Paysandu oficializou na tarde deste sábado (1ª), a contratação de Felipe Albuquerque (à esquerda da foto) para o cargo de diretor de futebol e também Éder Delarice (à direita), que ocupará o posto de gerente de futebol do Papão na próxima temporada.

Os dois estavam trabalhando na equipe do Vila Nova (GO), equipe que brigou até as últimas rodadas do Brasileiro da Série B pelo acesso à elite do futebol nacional nos últimos dois anos.  Felipe Albuquerque, 32 anos, é graduado em processos gerenciais e possui cursos de gestão de futebol pela CBF. O novo diretor já começou o trabalho para 2019.

“Ontem mesmo já falamos sobre montagem de elenco, reapresentação. Eu estou confiante na possibilidade de fazer um grande trabalho. É um projeto de longo prazo, para desenvolvermos um grande trabalho no Paysandu. Muitas vezes tem se a ideia de que o nosso trabalho fica restrito às contratações, mas é muito mais do que isso. Esse trabalho de gestão do departamento de futebol vem para a implementação de processos, uma melhor comunicação interna, uma gestão eficiente, otimização de recursos, existem inúmeras competências que nós queremos melhorar o que já foi feito aí”, disse.

Já o gerente de futebol bicolor, Éder Delarice, será o elo entre comissão técnica e funcionários que estão ligados ao futebol. Éder, de 40 anos, é do interior de São Paulo, da cidade de Sertãozinho. Já foi atleta de futebol, auxiliar-técnico e está desde 2013 exercendo essa função.

"Principalmente agora no processo de contratação, de observação de atletas, negociações, então eu vou atuar como uma extensão do diretor, um completando o outro. O meu trabalho será voltado para observação de treinamento, análise de esquemas táticos e estar vivendo o dia a dia com jogadores e comissão técnica, além do elo entre presidente, atletas e comissão", comentou.

O presidente bicolor Ricardo Gluck Paul comentou a chegada dos dois profissionais e disse que a contratação deles é a projeção de um trabalho diferenciado. “O Felipe e o Éder gostaram muito do projeto que apresentamos a eles, estão vindo com a projeção de fazer um trabalho diferenciado. São gestores qualificados, que já provaram que sabem atuar dentro de alguns limites e com muita responsabilidade financeira. Ano que vem, o nosso orçamento será menor do que tem sido nos últimos anos, mas temos plena convicção de que juntos vamos conseguir renovar o futebol do clube da maneira correta”, disse o mandatário alviceleste.

Felipe Albuquerque e Éder Deralice ainda não estão em Belém, mas chegarão nos próximos dias, para intensificar os trabalhos de montagem da equipe bicolor para 2019.

Mais Esportes