Clube paraense de canoa polinésia e ONG celebram aniversário de Belém com ações ambientais

Caruanas Va'a e Amigos de Belém promovem remada festiva e mutirão de limpeza no Ver-o-Rio

Andre Gomes

Além de muitas celebrações, o aniversário de Belém também contará com ações sociais. No meio esportivo, o Caruanas Va'a, clube paraense que se dedica ao esporte da canoa polinésia, realiza neste domingo, 12, em conjunto com a ONG Amigos de Belém, às 9 horas, uma remada festiva e um mutirão de limpeza no Complexo do Ver-o-Rio - na parte da "prainha" e no Memorial dos Povos Indígenas.

A parceria entre o clube e a ONG se repete. No ano passado, no evento 'Catamor na Maré', a ação de limpeza perpassou entre o Ver o Rio (Baía do Guajará) para a Ilha do Combu (Rio Guamá). Inclusive, a questão social faz parte do planejamento estratégico dos Caruanas Va'a. Em ações de Natal, já arrecadou e doou roupas, brinquedos e alimentos para comunidades carentes. Em 2019, 42 famílias da Ilha das Onças receberam doações de alimentos, brinquedos e livros.

CLUBE

Gerido por três sócios, o Caruanas Va'a, fundado em 2017, tem 50 alunos, que praticam a atividade semanalmente, além de um público diversificado, que comparece aos finais de semana. O clube também atende aos turistas. A direção do Caruanas estima que, em dois anos, já levou mais de mil pessoas para a água.

ORIGEM 

A origem do nome é Caruanas Va'a (Va'a é o nome tradicional da modalidade, na língua polinésia significa 'canoa'. Hoje, a Federação Internacional e a Confederação Brasileira usam essa denominação). O clube foi criado com o foco tanto na prática esportiva como no turismo de aventura, tendo como pano de fundo a missão de ser uma ferramenta para os moradores da cidade terem mais contato com os rios de Belém.

AMIGOS 

Criada em 2013, a Associação Amigos de Belém, presidida pelo engenheiro civil Paulo Pinho, realiza ações de conscientização ambiental. O grupo surgiu do desejo de profissionais para colaborar na discussão e na implantação de políticas públicas, programas e projetos. O presidente da ONG, Paulo Pinho, falou sobre o evento. "Para nós, esta ação tem um significado muito especial. Nossa missão é amar Belém em atitudes e materializar isso com atitudes. Acreditamos que no dia do aniversário de Belém é interessante fazer balanços", comentou. "Escolhemos este lugar, por causa do saneamento, estaremos na beira do rio, mas não podemos tomar banho. Convidamos a todos para limpar o local e debater sobre nossa cidade", finalizou.

Mais Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES