Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Antes de lutar pelo título interino dos moscas no UFC, Brandon Moreno fala sobre quarta luta contra Deiveson

Mexicano enfrenta o neozelandês Kai Kara-France neste sábado (30), em Dallas, nos Estados Unidos

Aila Beatriz Inete

A rivalidade entre Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno ultrapassa o octógono. Os dois já se enfrentaram três vezes no UFC e uma quarta luta entre os dois é cogitada pela organização. Com a disputa do cinturão interino do peso-mosca contra o neozelandês Kai Kara-France marcada para este sábado (30), o mexicano falou sobre um quarto confronto contra o paraense, mas disse que não vai esperar por ele. 

“Não ligo para o Deiveson. Meu plano é estar saudável para esta luta e se eu não tiver nenhum problema, nenhuma lesão, eu quero lutar em dezembro. E se o Deiveson não estiver pronto, eu posso lutar com o vencedor da luta [Alexandre] Pantoja x [Alex] Perez deste sábado”, declarou o mexicano em entrevista coletiva do UFC.  

VEJA MAIS 

Na disputa pelo cinturão interino dos moscas do UFC, Kara-France rebate crítica de Deiveson Figueiredo: ‘Ele não está aqui’
Neozelandês enfrenta o mexicano Brandon Moreno neste sábado (30), em Dallas, nos Estados Unidos

Após polêmica com disputa de cinturão interino do UFC, Deiveson Figueiredo muda tom e aceita a luta
Paraense não havia gostado da decisão da organização, mas agora, com um novo empresário, o lutador mudou o discurso

UFC anuncia disputa de título interino do mosca e Deiveson diz: ‘O dono do cinturão sou eu'
Brandon Moreno e Kai Kara-France vão lutar no dia 30 de julho, em Dallas, nos Estados Unidos, pelo cinturão interino da categoria

Desde que se enfrentaram pela primeira vez, no final de 2020, os dois têm trocado farpas. A possibilidade de uma quarta luta foi levantada pelo próprio campeão, Deiveson Figueiredo, após retomar o cinturão da categoria dos moscas, em janeiro deste ano. No entanto, o paraense relatou ter recebido vários comentários racistas de torcedores do mexicano e, por isso, não tinha mais interesse no combate.

Durante a entrevista, Moreno falou que o UFC deseja o quarto combate, mas disse que Deiveson “começou a dar desculpas”. 

“Eu não quero esperar, só quero lutar. O UFC realmente queria essa luta entre Deiveson e eu. Não quero dizer que ele está mentindo, mas ele começou a dar muitas desculpas, a última foi que ele estava machucado e, se ele realmente estiver, quero que ele se recupere logo. Mas antes disso, ele falou sobre mim, meus treinadores, sobre comentários racistas… Agora eu vou lutar contra o Kai Kara-France, que é um cara perigoso e eu preciso estar focado nele”, declarou Moreno em entrevista coletiva do UFC.  

Evento 

O UFC 277 ocorre neste sábado, a partir das 19h, em Dallas, nos Estados Unidos Além de Kara-France e Moreno, o evento terá a revanche entre Amanda Nunes e Julianna Peña.

(Aila Beatriz Inete, estagiária, sob supervisão de Pedro Cruz, coordenador do Núcleo de Esportes)

Mais Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM MAIS ESPORTES

MAIS LIDAS EM ESPORTES