Por invasão de campo, Sport é punido no STJD, perde pontos e Vasco termina Série B em terceiro; veja

A invasão de campo na Ilha do Retiro causou a perda de pontos ao time pernambucano e favorece o Cruz-Maltino, que encerrou a Série B atrás apenas de Cruzeiro e Grêmio

Luiz Guilherme Ramos
fonte

O tumulto armado durante a partida entre Sport e Vasco, pela 35ª rodada da Série B, foi objeto de apreciação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que decidiu, por unanimidade, punir o Leão Pernambucano com a perda dos pontos da partida terminada em 1 a 1, além de oito jogos com portões fechados. 

A decisão da corte favoreceu o Gigante da Colina, que absorveu os três pontos do jogo e ultrapassou o Bahia na classificação geral, terminando a Série B com 64 pontos, na terceira posição. Já a equipe do Sport caiu para a sétima posição, com 56 pontos. A competição encerrou no último final de semana (6), vencida pelo Cruzeiro, tendo o Grêmio como vice. 

O Vasco também foi denunciado por participar do tumulto, mas a corte desportiva julgou o pedido improcedente e o clube foi absolvido. Já os seus atletas, Raniel e Luiz Henrique, foram punidos com dois jogos de suspensão, mas já cumpriram a pena contra o Criciúma e o Sampaio Corrêa. O goleiro Halls pegou quatro partidas. 

SAIBA MAIS

image Série B: Vasco e Sport termina em invasão de campo, após empate vascaíno na Ilha do Retiro
Jogo seguia no tempo normal, até que, nos acréscimos, arbitragem marca penalidade em favor do Vasco e a partida foi empatada, gerando a revolta da torcida; várias pessoas ficaram feridas


image Advogada explica possíveis punições após confusão em Sport e Vasco; árbitro divulga súmula do jogo
De acordo com A profissional, medidas da arbitragem podem favorecer o clube cruz-maltino, por conta das informações assinadas pelo árbitro Raphael Claus


image Vasco vence o Ituano com gol de Nenê e conquista o acesso para a Série A do Brasileirão; vídeo
O Clube de regatas Vasco da Gama, após dois anos seguidos na Série B, retorna à elite do futebol brasileiro


 

A pena maior, no entanto, recaiu sobre o Sport, que, além dos oito jogos de portões fechados, terá que pagar multa no valor de R $180 mil, fora o ponto do empate, uma vez que a partida terminou em 1 a 1, mas o Vasco foi declarado vencedor. Ainda do lado pernambucano, o goleiro Carlos Eduardo levou quatro jogos, enquanto o único absolvido foi o diretor Augusto Carreras. 

Relembre

Sport e Vasco jogavam pela 35ª rodada da Série B, no último dia 16 de outubro, na Ilha do Retiro. Os donos da casa venciam por 1 a 0, até o gol de empate marcado por Raniel, após análise do VAR. Os jogadores do time carioca comemoram o gol em frente à torcida mandante, desencadeando a fúria das arquibancadas.  

A partir de então, muitos objetos foram arremessados sobre os atletas do Cruz-Maltino. Depois de uma pressão incessante, os torcedores derrubaram o portão de proteção e adentraram no gramado de jogo, dispostos a agredir os vascaínos, que precisaram deixar o gramado. A partida ficou paralisada por quase uma hora, até que o árbitro Raphael Claus encerrou a partida, ao entender que não havia condições para o retorno em segurança.  

Futebol
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES