Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Lautaro marca, ex-Vasco perde pênalti, e Argentina vence o Peru pelas Eliminatórias Sul-Americanas

Resultado levou a Albiceleste aos 25 pontos na tabela e a deixa cada vez mais próxima de confirmar vaga na Copa

LANCE!

Na noite desta quinta-feira, a Argentina venceu o Peru por 1 a 0, em partida válida pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo, em Buenos Aires, no Monumental de Nunez. Lautaro Martínez anotou o único gol do confronto. Do outro lado, Yotún desperdiçou a chance de deixar tudo igual em uma cobrança de pênalti. Com a vitória, a Albiceleste chegou aos 25 pontos e permanece em 2° lugar. Enquanto isso, os peruanos seguem com 11 e caíram para o penúltimo posto.

Agora, as duas seleções voltam a campo somente no dia 11 de novembro, em partidas válidas pela 13ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022. Às 18h, a Argentina visita o Uruguai. Enquanto isso, no mesmo horário, o Peru recebe a Bolívia.

Começo movimentado
Os primeiros 15 minutos no Monumental de Núñez foram de muitos movimentos. Pelo lado argentino, a pressão no campo defensivo adversário foi marcar registrada. Assim, em duas jogadas de Messi, De Paul e Di María levaram perigo ao gol de Gallese.

O Peru, por sua vez, tentou responder na bola parada, com Lapadula. O atacante chutou firme, mas Martínez, bem colocado no meio, espalmou. Ainda no começo do jogo, Romero chegou a colocar a Argentina na frente após completar cruzamento vindo de uma falta. Entretanto, o gol foi anulado por impedimento.

Água mole, pedra dura...
​Dentro de casa, a Argentina continuou se impondo. Enquanto isso, o Peru seguiu apostando nos lances isolados com Lapadula, que teve mais uma chance, mas ao sair cara a cara com Martínez, mandou na mão do goleiro. Do outro lado, Di María apareceu livre na segunda trave, mas pegou mal na bola.

A pressão argentina continuou. Em cruzamento vindo da direita, Lautaro furou e, em seguida, Di María novamente pegou mal na segunda trave e isolou. Mas, depois de muito insistir, os donos da casa chegaram ao seu gol. Molina avançou pelo lado e cruzou. Lautaro Martínez se antecipou à defesa e tirou o zero do placar, de peixinho, levando o 1 a 0 para os vestiários.

Voltou truncado
A volta do intervalo não fez bem ao jogo. A Argentina seguiu tendo mais a posse e dominando o meio de campo. Contudo, encontrou uma seleção peruana ainda mais fechada e compactada em seu campo.

Por outro lado, no setor ofensivo, os visitantes continuaram apostando nas subidas esporádicas em contra-ataques, que na maioria das vezes, morriam quando Lapadula recebia a bola isolado.

Até que...
​As jogadas em Lapadula não estavam dando certo, então Gareca colocou Farfán para dar mais mobilidade ao ataque. Com apenas três minutos em campo, o atacante saiu cara a cara com Martínez, limpou o goleiro e foi tocado, originando a marcação do pênalti. Na cobrança, Yotún bateu cruzado, mas parou no travessão.

O susto acordou a Argentina, que voltou a levar perigo real ao gol defendido por Gallese. De Paul recebeu dentro da área e teve campo livre para chutar, mas preferiu tocar e errou. Pouco depois, Messi teve uma falta na entrada da área e bateu no canto do goleiro, que espalmou.

Sem muitos problemas
​Mesmo atrás no placar, o Peru não conseguiu impor grandes riscos à meta defendida por Emiliano Martínez depois do pênalti mal batido por Yotún. Mesmo com as mexidas de Ricardo Gareca, o poder de fogo se mostrou baixo e a criação escassa.

Em contrapartida, a Argentina teve mais um gol anulado. Assim como na primeira etapa, os hermanos marcaram pelo alto, mas dessa vez com Guido Rodríguez. Entretanto, a arbitragem pegou falta do meia no defensor e impugnou o lance, fechando o placar em 1 a 0.
FICHA TÉCNICA
ARGENTINA 1 X 0 PERU
​​​​Local: Monumental de Núñez, em Buenos Aires (ARG)
Data/Horário: 14 de outubro de 2021 (quinta-feira), às 20h30
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (BRA)
Assistentes: Marcelo Van Gasse (BRA) e Fabrício Vilarinho (BRA)
Gol: Lautaro Martínez (42'/1°T) (1-0)
Cartões amarelos: Yotún, Raziel García (Peru)

ARGENTINA: Emiliano Martínez; Molina, Romero, Otamendi e Acuña; Paredes (Guido Rodríguez, aos 27'/2°T), De Paul e Lo Celso (Palacios, aos 48'/2°T); Messi, Lautaro Martínez (Joaquín Correa, aos 39'/2°T) e Di María (Nico González, aos 27'/2°T). Técnico: Lionel Scaloni.

PERU: Gallese; Lora, Zambrano, Callens e Trauco; Aquino, Yotún (Cartagena, aos 27'/2°T), Christofer González (Marcos López, aos 39'/2°T), Cueva e Raziel García (Gabriel Costa, aos 27'/2°T); Lapadula (Farfán, aos 14'/2°T). Técnico: Ricardo Gareca.
 

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES