Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Em carta aberta, torcida organizada da Tuna cobra renúncia da presidência: 'tenham essa grandeza'

De acordo com o MUC, a direção do clube foi responsável por "derrubar o trabalho que resgatou a Tuna".

Caio Maia

O Movimento Uniformizado Cruzmaltino (MUC), torcida organizada da Tuna Luso, publicou neste sábado (21) uma carta aberta à diretoria da Águia Guerreira pedindo a renúncia da presidente Graciete Maués e do vice-presidente de operações, João Rodrigues. De acordo com a carta, divulgada na página oficial da torcida no Instagram, a direção do clube foi responsável por "derrubar o trabalho que resgatou a Tuna". Confira um trecho:

"Temos visto o mesmo padrão para os mesmos erros e nada disso nos surpreende. Os senhores estão no comando da Tuna há anos e sabemos que os êxitos no futebol foram mais 'apesar' do que 'por causa' dos senhores. O retorno ao Souza de certos nomes ligados a um passado infeliz só serve para evidenciar que, apesar do acesso às verbas, os senhores não têm nada de novo a nos oferecer", diz a carta.

VEJA MAIS:

CBF divulga tabela detalhada de mais seis rodadas da Série D; veja as partidas de Tuna e Castanhal
O jogo de volta entre Águia Guerreira e Japiim já tem data para ocorrer. 

Tuna prorroga contrato com quatro jogadores para o restante do Brasileirão Série D
Nomes dos quatro atletas foram publicados no Boletim Informativo Diário da CBF (BID)

Tuna é derrotada pelo Pacajus-CE e segue sem vencer na Série D do Brasileirão
Águia do Souza conheceu a quarta derrota no torneio e segue na laterna do Grupo 2, com dois pontos. 

Vale lembrar que a presidente da Tuna, Graciete Maués, no momento está afastada da direção cruzmaltina. Por enquanto, ela ocupa o cargo de presidente da Federação Paraense de Futebol (FPF), de forma interina, até a realização de novas eleições na entidade.

De volta às competições nacionais depois de 15 anos, a Tuna vive uma crise dentro do departamento de futebol. Após um bom Campeonato Paraense, no qual a equipe terminou em terceiro lugar, a Águia do Souza tem acumulado vários resultados negativos na Série D. O clube chegou a demitir o treinador do Parazão, Emerson Almeida, e contratou o experiente Josué Teixeira para o cargo. No entanto, a Lusa continua sem vencer no torneio nacional.

Segundo a carta aberta divulgada pelo MUC, a crise no futebol cruzmaltino é de responsabilidade da atual gestão. O grupo, no documento, pede "novas práticas" aos membros da diretoria tunante.

"Nós consideramos que a crise no futebol da Tuna, que se manifesta dentro e fora de campo, é culpa direta dos senhores e do modo arcaico de gestão. Um estatuto novo de nada adianta sem novas mentes e práticas. Tenham grandeza e desobstruam o caminho da Tuna antes que ela se perca de vez", informou.

A Tuna voltará a campo pela Série D apenas no próximo sábado (28), às 15h, no estádio do Souza, em Belém, contra o Moto Club. A equipe cruzmaltina está na lanterna do Grupo 2 da Série D, com dois pontos conquistados em seis partidas. 

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES