Eleições: conheça as propostas dos candidatos ao Governo do Estado do Pará voltadas ao esporte

Oito candidatos concorrem ao posto de chefe do executivo estadual, nas eleições deste domingo; conheça melhor o que cada candidato oferece ao esporte

Luiz Guilherme Ramos

No próximo domingo, milhões de brasileiros vão às urnas para eleger deputados, senadores, governadores e o presidente da república. O voto consciente é um dos pilares para o fortalecimento da democracia, que tem como base as mais diversas áreas, desde entre saúde, educação e segurança, passando pelo lazer, cultura e esporte, a maior paixão do povo brasileiro. 

Fomentar a prática esportiva é criar alicerces fortalecidos na construção da cidadania. Não é de hoje que o Brasil produz grandes nomes em todas as modalidades, mas para que isso não seja interrompido, é preciso manter uma estrutura sólida, pautada no incentivo aos atletas de todas as naturezas, sejam em esportes coletivos ou individuais, de baixo ou alto rendimento. No cenário estadual, o fomento ao esporte é uma das principais bandeiras dos postulantes ao cargo de Governador do Estado pelos próximos quatro anos. 

O Núcleo de Esportes de O Liberal reuniu as propostas na área esportiva dos candidatos ao governo do Pará. Confira:

Helder Barbalho (Pra Seguir em Frente - MDB)

Helder Barbalho tem 43 anos, é casado, pai de três filhos e atual governador do Pará. Foi vereador e prefeito de Ananindeua, deputado estadual, ministro das pastas de Pesca e Aquicultura, Secretaria Nacional dos Portos e Integração Nacional. Corre atrás da reeleição para o cargo de chefe do executivo. 

- Ampliar a oferta de espaços públicos destinados a cultura,
esporte e lazer;
- Integrar as ações de educação, esporte e lazer, cultura, saúde e proteção social de forma a garantir o seu desenvolvimento, especialmente nas comunidades mais pobres através das Usinas da Paz;
- Aprimorar as políticas de acesso à educação, inclusão social, saúde e acessibilidade, das pessoas com deficiência, implantar programas para melhorar a capacitação técnica e a integração das pessoas com deficiência a atividades produtivas, aumentar o acesso das famílias de pessoas com deficiência a recursos do Programa Sua Casa, promover a prática do esporte paralímpico nas diversas regiões do Estado e aumentar acesso aos programas de transferência de renda, através de apoio técnico e financeiro;
- Manter os investimentos para que o futebol local possa “estar a altura da dimensão das nossas torcidas”;
- Concluir as obras do Mangueirão, concluir a reforma do estádio Colosso do Tapajós, o Barbalhão, em Santarém. Parceria com os municípios, como em Ananindeua, para o uso de ginásios poliesportivos, equipamentos multifuncionais para descentralizar e permitir que as cidades do Estado possam ser assistidas de equipamentos importantes;
- Expandir o programa Usina da Paz e levá-lo ao interior do estado, através de parceria com os municípios na captação de terrenos.

Zequinha Marinho (União pelo Bem do Pará - PL/PATRIOTA/PSC)

Zequinha Marinho tem 63 anos, é casado, natural de Araguacema, no Tocantins. Formado em contabilidade, o político ocupa atualmente o cargo de senador da república, tendo sido anteriormente deputado estadual e deputado federal. Ocupou o cargo de vice-governador do estado entre os anos de 2015 e 2019. Em seu programa de governo, o candidato apresentou as seguintes propostas voltadas ao esporte:

- Estimular as práticas de esportes para crianças e jovens, especialmente nas escolas públicas, focalizando em cada cidade as modalidades esportivas mais compatíveis com os interesses e oportunidades existentes na localidade;
- Promover eventos e competições esportivas com amplo envolvimento da juventude;
- Apoiar atletas com potencial para atividades esportivas de alto desempenho e seus técnicos em Centros de Treinamento;
- Estimular as práticas desportivas, a criação de escolas e centros esportivos no Estado;
- Construir equipamentos públicos, em parceria com os municípios, para a prática desportiva nas diferentes regiões do Estado;
- Estimular a inclusão de jovens com deficiência nas diversas modalidades esportivas;
- Ampliar os Jogos escolares, inclusive na modalidade paraolímpicos.

Major Marcony (SOLIDARIEDADE)

Leonardo Marcony Pereira Macedo é casado, nasceu em Belém do Pará, é pai de duas filhas, empresário, militar da reserva, bacharel em Ciências Militares  pela AMAN (Academia Militar das Agulhas Negras), possui MBS em Segurança Empresarial, é pós-graduado em Gestão de Segurança, mestre em Estratégia Militar, Major do Exército Brasileiro e atualmente, vice-presidente do Instituto Major Marcony, onde atua com ações sociais junto as comunidades do Pará. Na política ocupou o cargo de vereador em Ananindeua. 

- Concluir, equipar e entregar o ginásio poliesportivo de Santarém, obra que vem se arrastando inexplicavelmente por toda a gestão atual;
- Concluir, equipar e entregar o Estádio Colosso do Tapajós, em Santarém;
- Ampliar e fortalecer o programa Fabricação de Ídolos;
- Ampliar o apoio e incentivo às Olimpíadas Indígenas;
- Prosseguir incentivando o futebol paraense, por sua importância para a População;
- Criar programa esportivo especial para as comunidades indígenas e quilombolas, respeitando suas peculiaridades culturais;
- Criar o Esporte na Escola, identificando as que têm instalações esportivas e planejar a utilização daqueles espaços para a Comunidade do entorno, com gestão conjunta da direção escolar, da associação de pais e mestres, de moradores, ação que, onde for possível, terá apoio de Militares dentro do contexto do Projeto de Escola Cívico-Militar;
- Criar programa dirigido à utilização da capacidade instalada de ginásios e outros equipamentos esportivos, públicos ou privados, em todo o Estado. O aparelhamento desses equipamentos, bem como o apoio à sua manutenção, deverá estar vinculado ao seu uso regular pelos grupos escolares ou amadores, particularmente aqueles vinculados a programas dirigidos à inclusão social ou preventivos de risco;
- Criar o Centro Esportivo de Alto Rendimento, com a finalidade de incentivar e aperfeiçoar atletas de alto rendimento;
- Criar Centros Regionais de Treinamento Poliesportivos, para assistência à população de baixa renda, em todo o estado, com infraestrutura para diversos esportes, de todas as áreas, com a finalidade de auxiliar nas mudanças sociais;
- Incentivar os jogos estudantis, com a finalidade de promover a cidadania e socialização dos alunos do ensino médio;

Sofia Couto (PMB)

SofIa Couto tem 66 anos e nasceu em Belém. É divorciada e pretende, se eleita, fomentar a prática esportiva seja no amador ou profissional, criando oportunidades aos jovens e adolescentes mais necessitados. 

- Incentivo ao esporte amador e profissional para descobrir novos talentos;
- Ampliar o trabalho realizado nas Unisas da Paz, conduzido pelo atual governador do estado, Helder Barbalho, levando-os para os demais municípios do interior, em parceria com as prefeituras;
- Manter e aumentar o quantitativo do patrocínio destinado pelo governo estadual aos principais clubes do Pará.

SAIBA MAIS

Onze municípios da região nordeste do Pará recebem reforço policial durante as eleições 2022
Força-tarefa atua nos 11 municípios que correspondem ao 5º Batalhão de Polícia Militar


Zonas Eleitorais de Marabá estão na contagem regressiva
O cartório eleitoral da cidade responde por 300 seções eleitorais e mais de 185 mil eleitores devem votar neste domingo (2)


TRE escolhe seções que passarão por Auditoria da Votação Eletrônica neste sábado; entenda
Ao todo, serão selecionadas 35 seções. A escolha ou sorteio das seções atende a uma limitação de alcance.


 

Cleber Rabelo (PSTU)

Clebere Rabelo tem 49 anos, é natural de Belém e concorre ao cargo de governador do Pará pela terceira vez, passando pelos pleitos de 2010 e 2018. Também tentou a sorte para os cargos de vereador de Belém, em 2012, deputado federal, em 2014, e prefeito de Belém, em 2016 e 2020. 

- Incentivo ao esporte através das ações nos bairros das cidades paraenses, especialmente aos moradores de periferia;
- Incentivo ao esporte praticado no campo, nos gramados, em detrimento às práticas em quadras de concreto;
- Incentivo ao esporte nas escolas da rede pública estadual;
- Revisão das verbas de patrocínio aos clubes paraenses, com o argumento de que os maiores, incluindo Remo e Paysandu, podem caminhar com as próprias pernas, com as verbas em questão destinadas às famílias de baixa renda.

Adolfo Oliveira (Federação PSOL REDE(PSOL/REDE)

O candidato Adolfo Oliveira é mais um dos postulantes ao cargo de governador do estado de Pará. É professor de ensino superior, natural de Belém e casado. Tem 37 anos e é filiado ao Partido Socialismo E Liberdade - PSOL. Já a coligação eleitoral com que ele vai disputar o cargo de governador conta com "PSOL/REDE".

- Fortalecer o esporte profissional, desde a base de formação de atletas;
- Incentivar o esporte amador, sobretudo nas escolas;
- Apoio às cidades para implementação de espaços de lazer públicos nos bairros;
- Realização de Ruas de Lazer e atividades intermunicipais;
- Apoio aos atletas com bolsas de esporte, criando infraestrutura para atividades de alto desempenho, formação de pessoas, espaços adequados e políticas de incentivo às competições através da Secretária de Esporte e Lazer (Seel);
- Intensificar os investimentos nas Usinas da Paz, fazendo com que chegue em todos os bairros da Região Metropolitana de Belém e nos interiores;
- Rever o patrocínio do estado aos principais clubes (Remo e Paysandu), com possibilidade de reajuste para os próximos quatro anos; 
- Criar mecanismos de incentivo aos demais clubes do estado (São Raimundo, São Francisco, Castanhal, entre outros).

Dr. Felipe (PRTB)

Dr. Felipe Augusto Francisco Borges, é Médico Cardiologista formado há 12 anos, membro da sociedade brasileira de cardiologia, empresário, produtor rural, pai de dois filhos, nascido em Xinguara - PA, hoje com 37 anos de idade. Aceitou o desafio de colocar seu nome a disposição do povo paraense, sem ter concorrido a nenhum cargo político anteriormente, ou seja, se considera um político de “profissão” e vem apostando na renovação da politica e em dias melhores para o nosso estado.

- Reformar as quadras escolares de algumas escolas polo, ampliando-as e convertendo-as em quadras poliesportivas, para fins de fomentar o esporte estudantil assim como valorizar os jogos estudantis Paraense, oferecendo transporte e ampliando seu calendário, para confrontos entre escolas dos mais diversos municípios;
- Construção de mais espaços para prática de esportes olímpicos e paraolímpicos por todo estado, conferindo aos atletas destaque, bolsas de incentivo, conforme mérito por classificações em competições regionais, nacionais e internacionais;
- Criar um circuito de corridas de rua pelo estado, para todas as categorias, inclusive criando corrida de rua de cadeirantes, incentivando paratletas;
- Criar o “Pará Radical” com circuitos de esportes radicais por todo o estado, com trilhas, rapel, saltos de “pêndulo”, bungee jump, tirolesa entre outros, atraindo e oferecendo incentivos e suporte para novos grupos destas práticas esportivas.

Paulo Roseira (AGIR)

O candidato Paulo Roseira concorre ao cargo de governador do Pará pelo AGIR na coligação AGIR. É natural de Belém, tem 63 anos de idade, é casado e engenheiro de formação. 

- Criar o Programa Estadual de Esporte e Lazer cuja destinação será reformar, criar e equipar espaços esportivos e de lazer como quadras poliesportivas, campos de futebol, campos de futebol de “várzea”, pistas de ciclismo, pistas de atletismo, na capital e nos municípios, com ferramentas adequadas para a prática do esporte e lazer pela população paraense;
- Criar torneios regulares e permanentes das mais diversas modalidades de esporte, como forma de incentivar a prática esportiva de forma coletiva;
- Patrocinar atletas que representem o Estado do Pará em eventos nacionais e internacionais;
- Incentivar e apoiar o esporte amador e profissional em todos os níveis e modalidades, estabelecendo parcerias público-privadas;
- Capacitar profissionais para condução da prática do esporte e lazer em todo o Estado; 
- Criar espaços e logradouros públicos destinados à prática do esporte e lazer comunitário.

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES