Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Com direito a 'lei do ex', Botafogo perde de virada para o Goiás no Brasileirão

Victor Cuesta abriu o placar para o Fogão, mas Pedro Raul, ex-alvinegro, saiu do banco e marcou os dois do Esmeraldino na partida.

O Liberal

O Botafogo perdeu para o Goiás por 2 a 1, de virada, na noite desta segunda-feira (6) no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. Victor Cuesta abriu o placar para o Fogão, mas Pedro Raul, ex-alvinegro, saiu do banco e marcou os dois do Esmeraldino na partida. 

A primeira boa chance do jogo foi do Goiás, aos 11 minutos, quando Caio Vinícius recebeu de frente para Gatito Fernández, mas chutou para fora. O Glorioso tinha dificuldades para transpor a forte marcação esmeraldina. Chegou com nitidez mesmo só aos 26, quando Vinícius Lopes chutou fraco. Dois minutos depois, Dadá Belmonte executou um chute forte, mas para fora. Os visitantes estavam mais à vontade diante da proposta de defender para depois atacarem.

O Botafogo demorou, mas pareceu ter entendido que, para atacar com mais qualidade, precisaria se expor mais. Então o jogo ficou aberto: aos 36, Victor Sá recebeu sozinho e chutou por cima. O impedimento do atacante foi marcado, todavia. Aos 39, a boa chegada foi do Esmeraldino, pela direita. Mas Maguinho chutou para fora. Três minutos mais tarde, a bola rodou da direita para a esquerda e Hugo cruzou para Oyama livre. O cabeceio passou perto do gol de Tadeu, mas a pressão estava confirmada. No minuto seguinte, Lucas chutou forte, mas por cima do alvo. O placar foi aberto, realmente, aos 45: num escanteio, Daniel Borges calibrou o pé de GPS e encontrou Cuesta, que testou sem chance para o goleiro.

Na segunda etapa, demorou dois minutos para Erison receber na cara de Tadeu, mas, pressionado, não conseguiu concluir corretamente. A resposta foi aos dez, quando Maguinho lançou e Dadá Belmonte acertou a trave. E aos 19, Pedro Raul tinha segundos em campo quando fez o pivô e também levou perigo. Três minutos mais tarde, Victor Sá fez boa jogada pela esquerda, cortou para dentro e chutou no ângulo inverso, obrigando Tadeu a fazer grande defesa.

O Goiás seguia organizado. E aos 28 minutos, Fellipe Bastos deu um passe de trivela para Pedro Raul empatar a partida. O Botafogo cansou e se desorganizou. Num contra-ataque, dez minutos depois, o time da casa marcou bobeira, Vinícius cruzou e o mesmo Pedro Raul virou! No final, a pressão, não adiantou. Vaias da torcida para os mandantes.

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES