Ausência paterna: filha de Leandro Carvalho segue sem ser procurada pelo jogador, ex-Remo e Paysandu

Menina irá completar 2 anos de idade sem ter qualquer momento vivenciado com o atacante, mesmo com passagem recente por Belém, quando atuou no Leão

Bruna Dias
fonte

No próximo dia 14, a filha do atacante paraense Leandro Carvalho completa 2 anos de idade. O tempo é o mesmo que ela não recebe um abraço do pai, uma ligação de preocupação ou qualquer outro afeto. Nesses 24 meses, a pequena recebeu apenas um beijo na testa do pai, em um único contato que os dois tiveram, contato este que ocorreu no dia que a neném realizou o exame de DNA, que teve resultado positivo.

Nunca houve abraço, afeto e tão pouco amor. No Pará, só em no ano de 2022, 9.981 pessoas não tiveram o nome do pai incluídos nos seus registros de nascimento de acordo com a ANOREG/PA (Associação dos Notários e Registradores do Pará). A pequena entrou para a estatística.  

VEJA MAIS

image Pedido de prisão de Leandro Carvalho em atraso de pensão aumenta estatísticas no futebol; veja
Além dele, vários jogadores de futebol já se envolveram em escândalos pelo não sustento dos filhos

image Remo desiste de renovar empréstimo de Leandro Carvalho para a temporada de 2023
Segundo uma fonte do Núcleo de Esportes de O Liberal, o alto salário pedido pelo atleta fez o Leão recuar e buscar alternativas mais acessíveis no mercado

image Remo: de férias em Belém, atacante Leandro Carvalho é 'anunciado' por time de pelada no Instagram
Leandro Carvalho foi contratado pelo Remo para atuar o restante da Série C e ainda possui vínculo com o clube azulino

“Eu penso sobre isso diariamente, sobre tanta coisa que a minha filha passou em tão pouco tempo de existência. Em nenhum momento me arrependi de tê-la, mas em todos os momentos tenho certeza que tudo que ela tem passado poderia ser evitado”, conta a mãe, Lorena, em entrevista exclusiva a Oliberal.com

Ao longo de uma caminhada tão curta e nova, a menina teve dias de gripe outros de febre, mas sempre na companhia da mãe. O pai parou com as suas obrigações, financeiramente falando, há oito meses.

“Eu procurei ele recente quando ela adoeceu, porém, mais uma vez, a minha filha só contou comigo. A dor emocional, da ausência que a minha filha sente, é real, fora que ela passa por provações. É lamentável”, conta a mãe. 

image Leandro Carvalho foi revelado nas categorias de base do Paysandu. Ele esteve no time profissional bicolor entre 2014 e 2017, com alguns empréstimo no meio do caminho (Akira Onuma / Arquivo O Liberal)

O pai, o jogador Leandro Carvalho, fruto da base do Paysandu e que jogou no Remo em 2022, ou seja, neste último ano, passou cerca de 5 meses em Belém e em nenhum momento visitou a filha, preocupou-se com ela ou proporcionou algo para a criança. Quem acompanha o atleta nas redes sociais encontra muitos momentos profissionais compartilhados, mas também alguns momentos em família, de diversão e amorosos. 

“No fim das contas, nenhum desgaste emocional do processo judicial é equivalente a todo o desgastes emocional durante a ausência do pai da minha filha na vida dela. Ela é muito amada e conta sempre com a presença da minha família, porém sabemos que ela tem pai e precisa lidar com essa ausência desde cedo com isso”, avalia Lorena.

O empasse judicial foi iniciado há algum tempo, com valores de pensão estabelecidos, mas nenhuma definição sobre o retorno dos pagamentos. Tudo ainda corre em segredo de Justiça e certamente está longe de ser finalizado. Com isso, a menina segue sem afeto e obrigações financeiras paternas. “Hoje eu só posso lutar pela pensão, amor é uma coisa espontânea, sobre isso não há qualquer pedido que eu possa fazer para o pai da minha filha”, acrescenta.

Quem é Leandro Carvalho

Leandro Carvalho tem 27 anos e começou a carreira na base do Paysandu. Ainda jovem se destacou, chegou a ser um dos destaques da equipe profissional em 2017 e acabou cedido ao Ceará. As boas atuações seguiram no Vozão e, com isso, foi comprado em definitivo pelo Botafogo para a temporada 2018. A passagem pelo Fogão foi curta e ele logo retornou ao Ceará, quando virou um dos ídolos da torcida durante 2019 e 2020. Foram 78 jogos, 8 gols e 4 assistências neste período, o melhor da carreira do jogador paraense.

image Leandro Carvalho viveu seu auge com a camisa do Ceará (Divulgação / Ascom Ceará)

Antes de voltar ao Pará no ano passado, para jogar no Remo emprestado pelo próprio Vozão, Leandro Carvalho passou por América-MG, Al-Qadisiya (Arábia Saudita) e Náutico. Até o momento, a temporada de 2023 do jogador deverá ser no próprio Ceará, que este ano vai disputar a Série B do Brasileiro após ser rebaixado no ano passado.

Futebol
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES