Após caso de Uchôa, relembre outros jogadores que atravessaram a Almirante Barroso

Volante bicolor vai para o Leão já em fevereiro

Beatriz Reis

Os estádios da dupla Re-Pa ficam na avenida Almirante Barroso, só que em sentindo opostos, com isso é normal o torcedor paraense usar o termo ‘atravessou’ quando um atleta vai para o time adversário. É o caso do volante Anderson Uchôa, que vai defender as cores do Remo, após ter sido importante na passagem pelo Paysandu.

Dessa forma, é hora de relembrar outros atletas que saíram do Leão e foram direto para o Papão e vice-versa.

Eduardo Ramos se tornou um jogador importante no Leão (Ivan Duarte / OLiberal)

Eduardo Ramos: Paysandu – Remo

O ano era 2013, naquele ano o meia estava atuando pela Série B do Brasileirão pelo Paysandu, quando recebeu a proposta para ser o camisa 33 da equipe azulina por duas temporadas. Ele chegou ao Mangueirão de helicóptero, alguns torcedores azulinos vaiaram o atleta.

Balão trocou o Leão pelo Bicola (Normando Sócrates/Diário do Nordeste)

Balão: Remo – Paysandu

Assim que acabou o Campeonato Paraense de 2002, o atleta assinou sua transferência para o Paysandu. Na época, para Balão, a equipe bicolor era mais atrativa já que iria disputar a Série A do Brasileirão.

A 'travessia' de Jóbson talvez seja a mais curiosa de todas (Arquivo O Liberal)

Jóbson: Remo – Paysandu

Exímio batedor de faltas foi destaque com a camisa do Paysandu. Nessa travessia a história é ainda mais curiosa: Jóbson posou com a camisa do Remo à noite e no dia seguinte  já estava na Curuzu, para defender as cores do Bicola.

Paraense, Jhonnatan defendeu o Remo e depois foi para o Paysandu (Igor Mota / O Liberal)

Jhonnatan: Remo – Paysandu

Hoje no Náutico, o volante Jhonnatan protagonizou a 'travessia' após atuar pelo Remo entre 2012 e 2014. No ano seguinte, o jogador deixou o Estádio do Baenão e foi jogar na Curuzu, na Série B do Brasileiro. Em 2019, defendeu o Timbu na polêmica partida contra o Bicola, na Série C.

Goleiro, Luiz Carlos ajudou o Papão no título da Série B de 1991 (Reprodução / Site do Paysandu)

Luiz Carlos: Paysandu – Remo

Após ser campeão brasileiro da Série B com o Paysandu em 1991, como titular, o goleiro Luiz Carlos foi conquistar o título estadual pelo rival em 1993. Teve passagem de destaque pelos dois clubes.

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES