Restaurantes de Belém abrem dia 1º de julho com 40% da capacidade

Nas ilhas, praias e orlas, os estabelecimentos seguem fechados. Bares não estão incluídos.

Abílio Dantas

Os restaurantes da área continental de Belém poderão reabrir a partir do dia 1 de julho, com 40% da ocupação dos estabelecimentos. Apenas as modalidades de prato feito, o popular “PF”, e “à la carte” estão permitidas. Outros modelos de serviço, como “self service”, rodízio e “buffet”, portanto, ainda não serão oferecidos. A determinação foi feita pela Prefeitura de Belém, em pronunciamento do prefeito Zenaldo Coutinho na tarde desta quarta-feira (24), em uma rede social. O decreto específico sobre o assunto será publicado no Diário Oficial do Município ainda na noite desta quarta.

Os restaurantes das feiras também poderão funcionar, assim como dos shoppings centers. Os horários de funcionamento serão de 11h às 15h e de 19h às 23h. Os bares não estão incluídos na nova etapa de reabertura.

Em áreas de praia, ilhas e orlas, no entanto, o segmento continua impedido. Ou seja, os moradores, comerciantes e frequentadores de restaurantes de Cotijuba, Combu e Mosqueiro ainda precisarão aguardar novas decisões. “O impedimento, nesse caso, é uma recomendação dos nossos técnicos da área de epidemiologia e de vigilância sanitária, para evitar as contaminações. Ainda é muito significativo o número de pessoas contaminadas, 18.110 casos, precisamos ser responsáveis. Todas as nossas decisões são fundamentadas em estudos técnicos e responsáveis”, declarou o prefeito Zenaldo Coutinho.

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!