Privatização do BB é questão política e Bolsonaro já disse que não quer, diz presidente do banco

'Então se me perguntam se sou a favor, sou. Vai ter privatização? Não', disse ele

Reuters

O presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, afirmou nesta terça-feira que a privatização do BB é questão política, mas que o presidente Jair Bolsonaro já afirmou que não irá por esse caminho, razão pela qual o tema "é assunto encerrado".

Falando em audiência pública na Câmara dos Deputados, ele afirmou que mesmo se o Executivo tivesse posição contrária, a privatização do BB ainda teria que ser analisada e aprovada pelo Congresso Nacional.

"Então se me perguntam se sou a favor, sou. Vai ter privatização? Não", disse ele.

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!