Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Pará vai criar linha de crédito para jovens empreendedores

Assunto foi discutido nesta terça, durante reunião entre a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) e o Banco do Estado do Pará (Banpará)

O Liberal

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) e o Banco do Estado do Pará (Banpará) discutiram, em reunião realizada nesta terça-feira (13), a implantação de um projeto que visa garantir recursos financeiros, por meio de um financiamento especial para jovens em todo o Pará. Conforme informações divulgadas pelo Governo, o projeto "Juventude Empreendedora – Pará" terá o objetivo de oferecer uma linha de crédito permanente às juventudes, no valor inicial de até R$ 5 mil, a fim de garantir o fomento ao empreendedorismo dos mais variados segmentos. A previsão de pré-lançamento do programa é para a Semana Internacional da Juventude, que deverá ocorrer no período de 9 a 13 de agosto.

No primeiro momento, cerca de 90 jovens que participaram do curso ‘Juventudes Empreendedoras 2.1’ estarão aptos a acessarem a linha de crédito que será oferecida pelo Banpará. Em seguida, outros seguimentos terão acesso ao empréstimo, mediante participação em cursos que sejam validados pela Gerência de Promoção dos Direitos da Juventude, da Sejudh

“Para nós, da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, é muito importante que nossos jovens sejam empreendedores e garantam a sua renda”, declarou o secretário de Estado de Justiça e Direitos Humanos, José Francisco Pereira. 

Flávio Moreira de Paula, coordenador da Gerência da Juventude da Sejudh, falou sobre a importância da parceria entre a Sejudh e o Banpará. “Terá o impacto muito significativo na vida de milhares de jovens que sonham em ser empreendedores e que também trabalhem no segmento cooperativista e associativista. Uma grande conquista para as juventudes paraense e agradecemos a sensibilidade do governador Helder Barbalho em atender nossos jovens nesse segmento de empregabilidade, geração de renda e perspectiva de futuro”, afirmou.

O encontro desta terça-feira serviu para alinhar a parceria, por meio de um Termo de Cooperação Técnica, que vai garantir, via Sejudh, a participação de jovens empreendedores. A reunião contou com a participação do titular e do adjunto da pasta de Justiça e Direitos Humanos, José Francisco Pereira e Valber Milhomem, respectivamente; do gerente de promoção dos direitos da juventude, Flávio Moreira de Paula; do diretor jurídico da Sejudh, Tiago Brito; além de dois representantes do Banpará, o superintendente de fomento, Armindo Tavares, e o Gerente de Negócios de Fomento, Gabriel Ladeia.

 

Palavras-chave

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA