Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Marinha abre dois concursos para 980 vagas de nível médio; há vagas para o Pará

As vagas são para soldados fuzileiros navais e para formação de oficiais na Escola Naval

O Liberal

A Marinha abriu, nesta quarta-feira (19), concurso público com 960 vagas para o curso de formação de soldados fuzileiros navais para as turmas I e II de 2023, somente para candidatos do sexo masculino.

Para participar do certame, o candidato deve ter concluído o nível médio,  ter 18 anos completos e menos de 22 anos no dia 30 de junho de 2023, além de não ser casado ou não ter constituído união estável, bem como não ter filhos ou dependentes.

As inscrições devem ser feitas de 14 de fevereiro a 24 de março neste link. A taxa é de R$ 40.

Confira a distribuição de vagas:

  • 580 vagas para o Rio de Janeiro
  • 100 vagas para Brasília
  • 60 vagas para Rio Grande (RS)
  • 8 vagas para Belém (PA)
  • 50 vagas para Ladário (MS)
  • 100 vagas para Manaus (AM)
  • 50 vagas para Natal (RN)
  • 8 vagas para Salvador (BA)
  • 4 vagas para Aramar (SP)

Aprovação

Os candidatos aprovados no certame e classificados dentro do número de vagas serão matriculados no Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais e o realizarão na condição de aprendiz-fuzileiro naval. Durante o curso, receberão bolsa-auxílio no valor total de R$ 1.303,90.

O curso tem duração de 17 semanas e será conduzido no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (Ciampa), localizado no Rio de Janeiro e, simultaneamente, no Centro de Instrução e Adestramento de Brasília, em regime de internato e dedicação exclusiva até a formatura.

As vagas, nos órgãos de formação, serão distribuídas da seguinte maneira:

Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves – Ciampa: 720 vagas destinadas, preferencialmente, aos candidatos das regiões Sul e Sudeste, obedecendo a ordem de classificação;
 
Centro de Instrução e Adestramento de Brasília - Ciab: 240 vagas destinadas, preferencialmente, aos candidatos das regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste, obedecendo a ordem de classificação no concurso.

O concurso terá exame de escolaridade, verificação de dados biográficos, inspeção de saúde, teste de aptidão física, avaliação psicológica e verificação de documentos. As datas não foram divulgadas.

Escola Naval

A Marinha anunciou também, a abertura de concurso público para 20 vagas na Escola Naval, no Rio de Janeiro. Estão sendo ofertadas 8 vagas para o sexo masculino e 12 para o sexo feminino.

Os candidatos devem ter 18 anos completos e menos de 23 anos de idade no dia 30 de junho de 2023, ensino médio completo e não serem casados ou não terem constituído união estável e não terem filhos.

As inscrições podem ser feitas neste site até 13 de fevereiro. A taxa de inscrição é de R$ 100.

A Escola Naval é a mais antiga instituição de ensino superior do país e, os que se formam, recebem o diploma de graduação em ciências navais.

Os cursos ministrados na Escola Naval são destinados à formação de oficiais para o Corpo da Armada, Corpo de Fuzileiros Navais e Corpo de Intendentes de Marinha, proporcionando habilitações de interesse militar-naval, dentro da área de ciências navais.

O Corpo da Armada e de Fuzileiros Navais oferecem habilitações em mecânica, eletrônica ou sistemas de armas. O Corpo de Intendentes oferece habilitação em administração.

Durante o curso, composto de 4 anos letivos, os alunos recebem, inicialmente, bolsa-auxílio de R$ 1.574,12 mensais. Ao final do curso, os alunos são nomeados segundo-tenentes com graduação em ciências navais.

O concurso terá prova escrita objetiva de matemática e inglês, prova escrita objetiva de física e português, redação, verificação de dados biográficos, inspeção de saúde, teste de aptidão física de ingresso, avaliação psicológica e verificação de documentos. As provas escritas objetivas serão realizadas na primeira quinzena de maio.

Concurso
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA