Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

INSS libera R$ 1.212 para crianças e adolescentes; veja como receber e os requisitos

O auxílio é concedido por meio do Benefício de Prestação Continuada (BPC), programa social que paga um salário mínimo por mês a pessoas com deficiência

Paula Figueiredo

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começou a liberar R$ 1.212 para crianças e adolescentes por intermédio do Benefício de Prestação Continuada (BPC), programa social que paga um salário mínimo por mês a pessoas com deficiência, de qualquer idade, e idosos com idade igual ou superior a 65 anos. Veja como receber e quais os requisitos necessários.

VEJA MAIS

Meu INSS: conheça os serviços online da Previdência Social e como acessar
Entenda o que é a plataforma, quem pode acessar e como utilizar os serviços online do INSS.

INSS: veja 10 doenças que dão direito a aposentadoria por incapacidade permanente
Confira quais são os requisitos e 10 doenças que garantem o beneficio

Quem tem direito a receber o benefício?

Para receber é necessário cumprir algumas regras como: estar em situação comprovada de vulnerabilidade; ter renda familiar de 1/4 do salário mínimo ou renda per capita (por pessoa) de 1/2 salário (para casos específicos, conforme as normas); estar inscrito e com as informações atualizadas no CadÚnico; ter deficiência (sem estar exercendo nenhuma atividade profissional). Também é preciso que o solicitante faça algumas avaliações que buscam analisar o grau de deficiência, o que ela pode causar na rotina e o impacto dos gastos da família

Como solicitar o benefício?

O Benefício de Prestação Continuada (BPC) pode ser solicitado pela central de atendimento do INSS pelo telefone 135 ou pelo site/aplicativo Meu INSS. O auxílio também pode ser requerido presencialmente, em uma agência da Previdência Social da região do interessado.

(*Estagiária Paula Figueiredo, sob supervisão da editora de OLiberal.com, Ádna Figueira)

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA