Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Inflação: Belém começa o ano com o segundo maior índice entre as capitais pesquisadas

A taxa saiu de 0,32% em dezembro para 0,82% em janeiro, com destaque para os serviços de Saúde e Cuidados Pessoais

O Liberal

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), publicado hoje, pelo IBGE, mostra que a taxa da inflação teve um crescimento significativo na Região Metropolitana de Belém, saindo de 0,32%, em dezembro, para 0,82% em janeiro. Com isso, a capital paraense ficou na segunda posição das regiões que tiveram o maior índice neste primeiro mês do ano, ficando atrás somente de Salvador, o qual registrou 1,08%

Segundo o IBGE, Saúde e Cuidados Pessoais (2,67%) lidera entre os grupos de produtos e serviços que tiveram os maiores índices, em janeiro.  Em seguida, aparecem Artigos de Residência (1,54%) e Vestuário (1,24%). Já as taxas mais baixas vieram de Educação (-0,24%), Transportes (-0,05) e Habitação (0,58%).

A taxa do acumulado dos últimos 12 meses na RMB atingiu 9,36%, contra 9,32% registrada em dezembro de 2021 e 3,79% em janeiro de 2021.

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA