Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Empreendedores podem acessar novo empréstimo da Caixa; saiba como

Crédito vale para pessoas físicas que querem ser empreendedores ou microempreendedores individuais (MEIs)

Elisa Vaz

Um novo empréstimo foi anunciado pela Caixa Econômica Federal. Ele começou a valer na segunda-feira, dia 28, e foi lançado como uma iniciativa do governo federal para ajudar empreendedores.

Leia mais: Caixa Tem: saiba como atualizar o aplicativo e solicitar crédito de R$ 3 mil

Leia mais: Caixa libera empréstimo para pessoas que estão com o nome sujo; veja como conseguir

Quem pode acessar o novo crédito da Caixa?

Serão duas operações:
- Para pessoa físicas, em que será liberado empréstimo no valor de R$ 300 a R$ 1 mil, com taxa de juros entre 1,95% e 3,6% ao mês e parcelamento de 12 a 24 meses. Essa modalidade também vale quem está com o nome sujo, mas há limite para as dívidas.
- Para microempreendedores individuais (MEIs), com empréstimo de R$ 1 mil até R$ 3 mil, com taxa de juros de 1,99% a 3,6% ao mês e parcelamento de 18 a 24 meses.

Quais são as regras do empréstimo?

Entre as exigências está: quem for acessar o empréstimo não pode ter tido, no dia 31 de janeiro de 2022, dívidas em valores acima de R$ 3 mil.

A pessoa física deve estar interessada em ser empreendedor autônomo ou querer empreender de maneira informal.

E os MEIs têm que possuir no mínimo 12 meses de atividade para solicitar o empréstimo.

Como pedir o crédito?

Para pessoas físicas, o valor será oferecido pelo celular, por meio do aplicativo Caixa Tem. A análise do pedido pode ser feita em até uma semana.

No caso dos microempreendedores, no primeiro momento, a contratação deverá ser feita nas agências da Caixa. A pessoa deve apresentar comprovante de residência e os documentos pessoais e da empresa.

Palavras-chave

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA