Confira as vagas de emprego e estágio disponíveis para esta semana

Elisa Vaz

Inseridos ou não no mercado de trabalho, muitas pessoas não sabem o caminho que devem percorrer para alcançar o sucesso profissional. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Ipsos, 60% das mulheres não têm um plano de carreira. O estudo foi feito nas 12 principais regiões metropolitanas do Brasil.

 

Na avaliação da coordenadora do Núcleo de Empregabilidade da Universidade da Amazônia (Unama), Regina Cleide Teixeira, isso ocorre historicamente, por conta da dominação masculina no mundo corporativo. "Enquanto os homens já se estabeleciam em suas carreiras, as mulheres estavam buscando sua participação no mercado de trabalho. Elas ocupam, hoje, cargos muito mais operacionais, e poucas conseguem se destacar como gestores e executivas", pontua a especialista.

 

Segundo Teixeira, apenas alguns segmentos da economia permitem maior participação feminina, como é o caso da educação, já que as instituições de ensino, seja fundamental, médio ou superior, têm predominância de mulheres nas posições chefias, como diretorias ou coordenadorias. A especialista explica que, na maioria das vezes, a carreira da mulher tem crescimento lento por três motivos: pelas barreiras encontradas para uma ascensão a altos cargos; as limitações nos ambientes de trabalho, que, segundo Teixeira, são machistas; e a falta de conscientização sobre a carreira das mulheres.

 

"Hoje vivemos um dilema no mundo do trabalho. Sabemos que chega um momento em que grande parte das mulheres que querem ter família enfrenta sérias dificuldades na profissão, como o medo de ser demitida, medo de ficar de licença maternidade e de conciliar o tempo entre os filhos e o trabalho. Nada disso ocorre com os homens, que são muito mais protegidos em suas carreiras. Então a mulher tem menos tempo para se planejar", diz.

 

Para ter sucesso profissional, a coordenadora do núcleo afirma que é preciso, primeiro, encontrar um eixo dos estudos para seguir e criar um objetivo. Depois, vem a busca por empresas que tenham o mesmo perfil. "Se eu tenho um objetivo consigo analisar as empresas com base no meu plano de carreira, me perguntando 'quais possibilidades essa instituição pode me dar?' e vou alcançando essas oportunidades", orienta.

 

Quando o profissional já faz parte de uma empresa que busca profissionais desenvolvidos e afinados com o mercado, Teixeira indica procurar programas de aprimoramento profissional e qualificação para desenvolvimento de líderes e gestores. Para a especialista, quando uma mulher ingressa em um desses programas é um grande avanço para desenvolver habilidades e competências na carreira porque a instituição está "enxergando um potencial".

 

Para quem não está inserido no mercado de trabalho a dica é buscar esses programas, como cursos, minicursos, oficinas e palestras, de maneira gratuita, especialmente em instituições de ensino, como faculdades. "Os profissionais precisam participar desses momentos para entender os desejos do mercado e planejar sua carreira, esses cursos são muito importantes", afirma ela. Teixeira ainda indica utilizar essas aulas para aprimorar o currículo e voltar ao mercado.

 

Profissionais podem concorrer a vagas de emprego em Ananindeua e Altamira

 

O Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém, está selecionando profissionais para os cargos de farmacêutico, auxiliar de cozinha e copeiro hospitalar. Os interessados devem cadastrar os currículos no site da Pró-Saúde, entidade que gerencia a unidade, por meio do endereço www.prosaude.org.br. Para o cargo de farmacêutico, o candidato deve ter diploma de ensino superior em registro de classe, enquanto para os cargos de auxiliar de cozinha e copeiro hospitalar, o profissional deve possuir ensino médio completo e é desejável experiência de seis meses na área.

Já no Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), em Altamira, a oportunidade é oferecida para o cargo de auxiliar de almoxarifado. Para participar do processo seletivo, o candidato precisa possuir ensino médio completo, conhecimento básico do pacote office, sistema ERP e experiência de, no mínimo, seis meses na área. Os interessados devem acessar o site da Pró-Saúde e selecionar o menu "Trabalhe Conosco". Em seguida, clicar em "Conheça nossas vagas" e depois selecionar a vaga na qual deseja se cadastrar, no município do hospital e cadastrar seu currículo. Todas as vagas também são destinadas a pessoas com deficiência.

 

 

VAGAS DE ESTÁGIO (*)

 

TÉCNICO EM INFORMÁTICA:

Salário: R$ 500 mais auxílio-transporte

Horário: manhã ou tarde (seis horas diárias)

Requisitos: cursando a partir do 2º semestre.

Enviar currículo para encaminhamento@iel-pa.org.br com o título "Tec em Informatica" ou cadastrar pelo site www.iel-pa.org.br.

 

GESTÃO EM MARKETING OU ADMINISTRAÇÃO:

Salário: R$ 500 mais auxílio-transporte

Horário: das 8h às 14h (escala a combinar)

Requisitos: cursando a partir do 3º semestre. Ter disponibilidade para estagiar em Mosqueiro.

Enviar currículo para encaminhamento@iel-pa.org.br com o título "Marketing" ou cadastrar pelo site www.iel-pa.org.br.

 

PUBLICIDADE E PROPAGANDA OU MARKETING:

Salário: R$ 500 mais auxílio-transporte

Horário: das 8h às 14h

Requisitos: cursando a partir do 5º semestre. Ter conhecimento na criação de peças publicitárias. Ter disponibilidade para estagiar em Benevides.

Enviar currículo para encaminhamento@iel-pa.org.br com o título "PP" ou cadastrar pelo site www.iel-pa.org.br.

 

ADMINISTRAÇÃO:

Salário: R$ 499 mais auxílio-transporte

Horário: das 8h30 às 14h30

Requisitos: cursando a partir do 4º semestre. Ter conhecimento em Excel e Word.

Enviar currículo para encaminhamento@iel-pa.org.br com o título "Administração" ou cadastrar pelo site www.iel-pa.org.br.

 

PUBLICIDADE E PROPAGANDA:

Salário: R$ 425 mais auxílio-transporte

Horário: 9h às 17 (com duas horas de intervalo)

Requisitos: cursando a partir do 3º semestre. Ter conhecimentos em Excel.

Enviar currículo para encaminhamento@iel-pa.org.br com o título "CC" ou cadastrar pelo site www.iel-pa.org.br.

 

TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA:

Salário: R$ 400 mais auxílio-transporte mais refeição no local mais vale alimentação de R$ 100

Horário: das 9h às 16h (com uma hora de intervalo)

Requisitos: cursando a partir do 2º ano. Ter conhecimento em Excel.

Enviar currículo para encaminhamento@iel-pa.org.br com o título "Téc. Eletrotécnica" ou cadastrar pelo site www.iel-pa.org.br.

 

CIÊNCIAS CONTÁBEIS:

Salário: R$ 300 mais auxílio-transporte

Horário: das 8h às 14h

Requisitos: cursando a partir do 2º semestre. Ter conhecimento em Excel. É desejável residir em Ananindeua ou Cidade Nova.

Enviar currículo para encaminhamento@iel-pa.org.br com o título "CC" ou cadastrar pelo site www.iel-pa.org.br.

 

TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO:

Salário: R$ 250 mais auxílio-transporte mais refeição no local

Horário: das 7h às 12h

Requisitos: cursando a partir do 2º módulo. Ter disponibilidade para estagiar em Benevides. Ter conhecimento em Excel e 5S.

Enviar currículo para encaminhamento@iel-pa.org.br com o título "Tec em Segurança do Trabalho" ou cadastrar pelo site www.iel-pa.org.br.

 

PEDAGOGIA:

Salário: R$ 200 mais auxílio-transporte

Horário: das 7h30 às 12h

Requisitos: cursando a partir do 4º semestre.

Enviar currículo para encaminhamento@iel-pa.org.br com o título "Pedagogia" ou cadastrar pelo site www.iel-pa.org.br.

 

-----------------

 

(*) As vagas de estágio são ofertadas através do Instituto Euvaldo Lodi (IEL) da Federação das Indústrias do Estado do Pará (Fiepa).

Concurso e Emprego
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS CONCURSO E EMPREGO