Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Websérie mostra diferentes perspectivas do Círio

A websérie conta a história da manifestação religiosa e cultural sob o olhar de cinco diferentes personagens

O Liberal

O público amante de cinema e das histórias que se passam em torno do Círio de Nazaré vai ter a oportunidade de assistir a websérie "Círio''. Outras Perspectivas”, que será lançada nesta quarta-feira (6), no Youtube da Melé Produções. Os demais episódios serão apresentados nos dias 13, 20 e 27 de outubro, respectivamente, e todos terão a tradução em libras.

A websérie conta a história da manifestação religiosa e cultural sob o olhar de cinco diferentes personagens. Gravado em outubro de 2018, durante as diversas programações como Trasladação, Círio, Círio Fluvial, e extraoficial do evento como Auto do Círio, movimentações culturais que ocorrem na Praça do Carmo, Ver-o-Peso e Icoaraci, ambientes de atuação e afeto dos personagens escolhidos para o filme.

“Buscamos nas histórias desses personagens suas contribuições de afeto, arte e religiosidade que contribuem ativamente para a egrégora da maior celebração religiosa da América Latina, realizada há mais de duzentos anos em Belém do Pará. No projeto, além da websérie documental de quatro episódios, exibiremos também os registros fotográficos feitos por nossa equipe durante as gravações em exposição a ser realizada na Galeria Benedito Nunes, no CENTUR”, explica Tyago Thompson, um dos diretores do documentário.

A exposição de fotos feitas durante a produção da websérie ficará disponível para visitação durante todo o mês de outubro, na Galeria Benedito Nunes, no Centur. O projeto foi selecionado pelo Edital de Audiovisual - Lei Aldir Blanc Pará 2020.

A websérie é dividida em quatro episódios com duração média de 20 minutos cada. Ela traz a narrativa de cinco personagens: uma mãe de santo de nação Angola, uma drag travesti, uma artista de rua que toca Carimbó nas praças da cidade e um casal de barqueiros que trabalha no trajeto do Círio Fluvial. A ideia é contar histórias e experiências de um Círio que existe, mas é invisibilizado pela sociedade por estes personagens que estão além da religiosidade.

As gravações foram feitas em câmeras DSLR (câmera na mão), de forma intuitiva, que se utiliza de falas e paisagens culturais diversas para entender a celebração do Círio de Nazaré com suas diferentes formas de interação do povo com a manifestação. 

Além dos personagens, a websérie tem registros do mestre Camaroeiro, entidade manifestada em Pai Aluízio Brasil de Lissa (falecido um ano após as gravações, 2019), participação da antropóloga Anaiza Virgolino e de Edmilson Rodrigues, atual prefeito de Belém, que, à época da gravação, estava Deputado Federal.

A direção e roteiro é assinada pela doutora em Ciências Sociais pela UNICAMP, Luciana Wilm, e pelo produtor, diretor de cinema e teatro, Tyago Thompson (Melé Produções). A direção de Fotografia é de Paulo Favacho (Treme Filmes), multimídia formado em direção de fotografia pela AIC - Academia Internacional de Cinema. A produção é da Melé Produções.

“O projeto foi realizado sem qualquer incentivo ou aporte financeiro e, se não fosse a Lei Aldir Blanc, muito possivelmente a websérie não seria finalizada. Foram 4 dias de gravações, com mais de 600 GB de material. Sem esse incentivo, a finalização do documentário muito provavelmente não existiria e entraríamos para estatística dos projetos realizados e não finalizados por falta de incentivo/verba”, relembra Paulo Favacho.

Agende-se:

Lançamento da websérie documental Círio. Outras Perspectivas - exibição do 1ª episódio 

 Youtube Melé Produções

 Data: 06 de outubro de 2021 às 19 horas 

 

Palavras-chave

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA