Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Walbert Monteiro relança o livro 'Círio de Nazaré: Meu Olhar de Fé'

A segunda edição da obra vem com mais de 100 novas páginas

Bruna Lima

Para quem quer mergulhar ainda mais nas histórias do Círio de Nazaré, o escritor Walbert Monteiro relança, nesta quinta-feira (7) o livro "Círio de Nazaré: meu olhar de fé". A segunda edição da obra vem com mais de 100 novas páginas. O lançamento será às 16h, na Sede do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, na Praça Dom Pedro II.

A primeira edição da obra foi lançada em 2018 e, no final do ano passado, logo após o Círio 2020, o escritor sentiu a necessidade de ampliar a obra com novos conteúdos. "O objetivo de fazer uma nova edição é tanto por ter finalizado os exemplares, mas também porque senti a necessidade de incluir novas histórias", explicou Walbert.

Uma das novidades é a cobertura do Círio do ano passado, o qual o escritor chama de Círio da Espontaneidade, pois mesmo sem a procissão tradicional, as pessoas, por conta própria foram às ruas e fizeram suas procissões de modo independente. "Mesmo com a pandemia ainda com um cenário complicado, as pessoas não deixaram de manter a manifestação viva. Nós vimos milhares de pessoas pelas ruas e realizando as miniprocissões", destacou o escritor.

Outro dado retratado na nova edição é com relação a artigos de Paulo Maranhão e Cléo Bernardo. Uma matéria em destaque é sobre a Sociedade do Descansa, que fala que há muitos anos existia um público que consumia apreciar a movimentação em torno da Basílica de Nazaré. As pessoas alugavam cadeiras e ficavam apreciando o movimento. Além disso, ainda tinha o serviço de comidas e lanches.

Walbert Monteiro explica que todos os dados foram acrescentados a partir de pesquisas. O escritor já tem alguns livros lançados. No primeiro semestre deste ano, ele lançou "Reflexões Reclusas", livro escrito durante a pandemia, onde ele traz pensamentos de diferentes temáticas. No mês de dezembro do ano passado, o escritor lançou "Rosário um Tesouro que se Re(descobre)".

Nesta publicação, o escritor faz reflexões sobre os mistérios (gozosos, gloriosos, dolorosos e luminosos), sugerindo uma prece antes da recitação de cada Ave-Maria e, ao fim da oração, invocar Nossa Senhora nas suas diferentes denominações. O escritor também é autor de "Igrejas Históricas de Belém" e foi editor de um livro de gastronomia.

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA