Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Tom Weiss se aventura em novos ritmos e lança "Carimbeat Siriá"

Tom explicou que desde 2020, quando começou a pandemia do novo coronavírus, passou a se aventurar a fazer misturas

Bruna Lima

Por muito tempo mergulhado no universo do rock e pop rock, Tom Weiss vem testando outros ritmos e fazendo misturas para a produção do seu trabalho autoral. Neste mês de maio, ele lançou o single Carimbeat Siriá, que é um feat com a música da banda Fruta Quente "Festa de Siriá e carimbó". Quem quiser conferir o novo trabalho do artista é só acessar as principais plataformas digitais.

Tom explicou que desde 2020, quando começou a pandemia do novo coronavírus, passou a se aventurar a fazer misturas e elaborar sons diferentes do que costumava fazer. Ele montou o próprio Home Studio e começou a produzir o segundo álbum, “InfinitaMente”. Com equipamentos simples, começou a produzir algumas músicas e aproveitou também composições antigas.

"Fui elaborando o meu próprio trabalho e sendo o produtor musical dos meus discos. Mas além disso fui mergulhando em novos sons. Eu sempre gostei de música eletrônica e resolvi usar esse ritmo nas minhas experimentações. Para este single, falei com o Heraldo do Fruta Quente para ele liberar a Festa de Siriá e Carimbó e fiz a minha batida. Gostei e estou lançando", explicou o artista.

Para os próximos trabalhos, Tom Weiss pretende produzir alguns traps. "Eu já estou fazendo pesquisas e algumas misturas, mas também quero encontrar alguém para colocar uma letra, vai sair no momento certo", destacou o músico.

Músico, multi-instrumentista, cantor, compositor, escritor e produtor musical,  Tom Weiss é de Salvador, Bahia, mas criado em Minas Gerais. A vida na música começa na infância, por incentivo de uma família completamente musical. 

“Aos 4 anos já cantava nos cultos da igreja que meu avô̂ pastoreava. Aos 10 anos tive meu primeiro contato com um instrumento musical: a gaita. Aos 11 a bateria, aos 12 teclado e finalmente aos 13 o violão, o meu mais fiel companheiro desde então. Aos 18 anos me mudei para Barcarena para começar uma vida nova. Aos 20 anos fiz meu primeiro show num bar chamado Ilhas Bar, de lá pra cá não parei mais. Tocando nas noites de Belém, Castanhal, Barcarena, Salinas, Abaetetuba, Capitão Poço, Parauapebas, Mãe do Rio entre outras cidades há mais de 20 anos”, disse o artista.

Tom já se apresentou em vários locais na capital paraense como Estação das Docas, Assembleia Paraense, Cervejaria Oficial, Black Dog, Cosanostra, Seu pai artesanal, Hoppy Pig, Boteco do Camarão, Mormaço e entre outros espaços.

 

Palavras-chave

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA