Cantor e apresentador da Rede Gazeta é acusado de racismo

Vídeo de 2014 do programa 'Todo Seu', apresentado por Ronnie Von, viralizou na internet e rendeu uma enxurrada de críticas

Redação Integrada

As redes sociais do cantor e apresentador Ronnie Von, da Rede Gazeta, foram tomadas por comentários nada positivos sobre a postura do artista. Tudo por conta de um vídeo exibido no programa que ele comanda na emissora, o "Todo Seu", em 2014. Ronnie Von está sendo chamado de racista por ter associado à época, durante um bate-papo, o tom de pele à origem de uma de suas convidadas.

Nas imagens resgatadas pelos internautas e que viralizaram nas redes, o apresentador conversa com uma cantora de Curitiba (PR), conhecida como Branca, e faz elogios a sua beleza. Ao questioná-la sobre o porquê de ser chamada assim, ela responde: "A brancura já entrega, por isso estão me chamando de branca". Mas ao pé do ouvido, comenta com a atração: "Você já viu alguma princesa queimada?". A reação da convidada é imediata: "Que horror! Tem algumas muito lindas. Não queimadas, mas negras", diz ela. Ao que Ronnie Von argumenta: "Aí é outra coisa." Diante da 

A resposta do público veio na forma de uma enxurrada de críticas, que obrigaram o apresentador a se explicar: "Eu fiz questão de gravar um vídeo para me pronunciar sobre uma acusação muito injusta. Eu, racista? Antes de qualquer coisa, quando ouvimos uma frase, não devemos aplicá-la isoladamente. Eu vou explicar: em 2014, durante uma entrevista com a cantora Branca, no meu programa, ela mesma tocou no assunto da sua brancura de pele. Ela se referia à sua cor de pele, inclusive seu apelido é Branca. É assim que ela é conhecida no samba carioca. Aliás, você conhece algum carioca que não seja queimado de sol? Então. Pela minha imensa admiração por ela, sua voz, seu talento, me referi à ela como princesa. E você já viu alguma princesa queimada de sol, ardida de sol? Eu nunca vi."

E completou: "Agora, princesas negras, ou de pele escura, vi várias na história. Apesar de isso ser pouco retratado. Inclusive concordei com a cantora no vídeo compartilhado. Desde o Egito antigo com a Cleópatra e até a Moana, princesa da Disney que se destacaram na história do Brasil e do mundo. Quem me acompanha, tanto na minha história pessoal, quanto profissional, sabe do meu respeito por todos, sem distinção. Me desculpe se fui mal interpretado, reafirmo minha posição de respeito a todos. Racismo é crime!", esclareceu. 

Televisão
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!