Netflix diminuirá qualidade de vídeos no Brasil para evitar congestionamento da internet

O serviço apresentou instabilidade no Brasil e em outros países.

Redação Integrada com informações da site Hardware

A Netflix confirmou que irá adaptar a qualidade da transmissão dos vídeos no Brasil. A medida visa evitar o congestionado das redes agora que mais pessoas estão em casa nesse momento de isolamento social por causa do novo coronavírus (COVID-19). Na última segunda-feira (23), a plataforma apresentou instabilidade no Brasil e em outros países.

“Em circunstâncias normais, temos muitos (às vezes dezenas) de pedidos de exibição diferentes para um único título em cada uma das resoluções disponíveis. O que fizemos na Europa, pelos próximos 30 dias, foi simplesmente remover as frequências mais altas de exibição em cada categoria”, confirmou a Netflix em comunicado.

A Netflix oferecia em cada categoria diferentes padrões de qualidade de transmissão oferecidas: definição padrão (480p), alta definição (1080p) e ultra alta definição (4K). A adoção dessa medida resulta em uma economia de 52% em um capítulo de uma novela de 60 minutos na resolução Full HD.

Além da Netflix, Globoplay e Looke também adotaram medidas semalhantes no Brasil. A plataforma da Globo cita que essa medida momentânea resulta em uma economia de 52% de um capítulo de uma novela de 60 minutos na resolução Full HD. Na semana passada o Brasil bateu um recorde no tráfego de internet, a marca de 10 terabits por segundo (Tb/s), segundo dados do Núcleo de Informação e Coordenação dos Pontos BR (NIC.br).

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA