Vinis foram o principal atrativo do Bar Nosso Recanto na Cidade Velha

Comerciante Salomão Casseb reunia entre frequentadores apaixonados por vinis

Bruna Lima

Falecido recentemente, o comerciante Salomão Casseb era conhecido por ter o dom de escolher uma boa música e dividir com os clientes o som de vinil, no bar "Nosso Recanto" que há 46 anos encanta a boemia da cidade.

A filha de Salomão, Tatiany Casseb, conta que os discos de vinil sempre foram sagrados para o pai. Tanto que, quando criança, ela e os três irmãos eram proibidos de tocar no objeto. "Ele sempre foi ciumento, não deixava a gente chegar perto. Era só ele que mexia e selecionava as músicas", lembra Tatiany.

Leia também: Discos de vinil resistem ao tempo com colecionadores aficcionados

Morre o empresário Salomão Casseb, proprietário do bar Nosso Recanto

O repertório da programação do bar era montado de acordo com os acontecimentos do dia e com a presença dos clientes. Canções de Benito de Paula e Paulo Diniz sempre certas para determinados clientes, que "iam às lágrimas", relembra a filha.

Quando Salomão brigava com a esposa, Ione Casseb, quem se destacava na programação musical do bar eram as músicas de Roberta Miranda, Leandro e Leonardo e Chitãozinho e Chororo. "Quando ele colocava essas músicas, a gente já achava graça, por que sabíamos que era uma forma dele se aproximar dela, que começava a cantar e ia 'amolecendo'. E quando a gente via, já estavam bem de novo", recorda a filha do casal.

O "Nosso Recanto" se destaca no meio de entretenimento da cidade exatamente pela seleção musical à base de vinis que o saudoso proprietário preparava para os fregueses. Segundo a esposa Ione, Salomão trabalhava se divertindo. "Ele atendia, conversava e selecionava as músicas. Sempre deixava um clima descontraído", relembra a esposa que, junto com a família, ficará à frente do bar.

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!