Sinara Costa, ex-The Voice, lança 'Medo de Chifre'

A cantora marajoara investe no sertanejo com pegada bem humorada.

Redação Integrada

Sinara Costa, a cantora marajoara natural de Breves que brilhou no The Voice Brasil em 2017, lança a música inédita “Medo de Chifre” em todas as plataformas digitais e rádios, nesta sexta-feira, 15. A artista vestiu a camisa do gênero sertanejo e sinaliza com uma letra que passeia pelo romântico com dose de humor. O novo sucesso vai ganhar videoclipe em breve.

“Medo de Chifre” é o segundo single de Sinara Costa, que lançou em 2019 outra música sertaneja, “A Volta Por Cima”, que ganhou as rádios e a tela da TV Liberal no “Sons do Pará” e caiu no gosto do público. As duas faixas fazem parte do planejamento de um futuro EP da cantora. Assim como em “A Volta Por Cima”, “Medo de Chifre” também vai ganhar videoclipe, que já foi gravado e está em fase de finalização.

Ouça "Medo de Chifre" aqui

Ouça "A Volta Por Cima".

Quem assina a autoria das duas canções é Reginaldo Lorenço, empresário e principal parceiro de Sinara. “Medo de Chifre” teve a produção de Marvim Miranda do estúdio Amazon, de Breves, e mixagem e masterização nos Estados Unidos.  O lançamento é gerenciado pela Gravadora e Editora New Music. E o clipe, que já foi gravado no próprio estúdio, em Breves, sob a direção Reginaldo, Marvin e Everaldo Barreiros, está em fase de finalização.

“A música tem uma pegada divertida. Fala do começou de um relacionamento que teve traição. Fala de pessoas que traem e que depois ficam com medo de serem traídas. No início, a música soa triste e depois vira uma brincadeira (deboche com quem trai)”, resume Sinara.

Carreira

As primeiras apresentações de Sinara Costa ocorreram ainda criança, na 1ª Igreja Batista de Breves, onde se apresentava cantando e encenando peças de teatro.  Foi a participação no The Voice que impulsionou a carreira musical e, mesmo com a fama global, ela continuou morando na cidade natal.  “A carreira deslanchou após o programa, fiquei com a visibilidade muito maior”, conta.

Em 2019, Sinara lançou a primeira música, “A Volta Por Cima”. “Fiquei extremamente feliz porque começou a tocar nas rádios e o clipe foi para o ‘Sons do Pará’, que deu um gás na minha carreira. Essa primeira música abriu muitas portas”.

A pandemia pela Covid-19 atrasou os planos de trabalho e ela decidiu cumprir a quarentena junto à família, em Breves.  “Antes da pandemia a minha rotina estava mais corrida. Eu tinha vários shows para fazer, parcerias que fechei, mas tudo parou e estou começando a retomar agora”, conta.

Durante a fase de isolamento, ela fazia lives nas redes sociais cantando e tocando violão no próprio quarto. Nessa fase, o repertório escolhido foi de músicas evangélicas. “Foi mais para ajudar as pessoas durante (a tristeza causada) a pandemia, pois foi muito difícil. Em Breves, perdemos muitas pessoas conhecidas”.

A cantora mudou-se para Belém em junho do ano passado no intuito de lançar as bases para uma carreira regional e nacional. Ela que já se apresentou cantando vários gêneros musicais em Belém, assumiu o gênero sertanejo: “Já vesti a camisa e vou focar nele (sertanejo)”, afirma.

As principais fontes de inspiração da paraense são as sertanejas Lauana Prado e de Naiara Azevedo. “Eu quero manter a linha do sertanejo.  O nosso projeto é conseguir gravar mais músicas inéditas de sertanejo. Tenho a expectativa muito grande e fé que vai dar muito certo”.

 

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA