Paulo Ricardo apresenta em Belém o show 'Radio Pirata ao vivo 35 anos'

O show será nesta sexta, 18, na Assembleia Paraense.

Enize Vidigal

Paulo Ricardo traz a Belém o show que é uma volta ao passado de um dos maiores clássicos do rock nacional dos anos 80. A turnê “Rádio Pirata ao vivo 35 anos”, celebra o álbum emblemático da extinta banda RPM (Revoluções por Minuto). O show será nesta sexta-feira, 18, na Assembleia Paraense.

A abertura dos portões será às 22h. Antes de Paulo Ricardo, se apresentarão os DJs DJ Carlinhos Duran e Tamer Samuray, e, às 23h, o roqueiro paraense Markinho Duran.

Paulo Ricardo, que completou 60 anos no último dia 23, vai cantar o repertório recheado com os maiores sucessos da banda: a faixa título “Rádio Pirata”, “Revoluções por Minuto”, “Alvorada Voraz”, “A Cruz e a Espada”, “Naja”, “Olhar 43”, “Estação do Inferno”, London London e “Flores Astrais”.

O show é uma reedição da super produção realizada nos dias 26 e 27 de maio de 1986, quando o álbum “Radio Pirata ao vivo” foi gravado, em São Paulo, tendo Ney Matogrosso em seu primeiro trabalho de direção. O álbum atingiu um sucesso estrondoso. Fez história conquistando milhões de fãs e até hoje está entre os mais vendidos da música brasileira, com 3,7 milhões de cópias. Os 35 anos do álbum foram completados no ano passado.

Há tempos os fãs de todas as idades pediam que Paulo Ricardo voltasse a apresentar o repertório do show histórico. A turnê já percorreu o Rio de Janeiro.

“Estreamos o show Rádio Pirata ao vivo na véspera do meu aniversário de 23 anos, em São Paulo, com a presença e a bênção de nosso padrinho Chacrinha, e o impacto foi imediato. As pessoas enlouqueceram com o laser e a direção precisa e sofisticada de Ney, e na semana seguinte participamos de um festival no Gigantinho, em Porto Alegre”, conta Paulo Ricardo.

O cantor lembra do sucesso imediato alcançado pela sua versão de “London, London”, mas que não estava no disco de estúdio, que lançou o RPM um ano antes. “Em poucos meses, a música (London London) estava em primeiro lugar nas paradas (das rádios) de todo o Brasil, pasmem, sem que houvesse sido lançada em nenhum disco. Decidimos registrar o álbum Rádio Pirata ao vivo, gravado no Anhembi em Sampa, mixado em Los Angeles, que permanece até hoje como o álbum mais vendido da história do Brasil, assim como a turnê, que quebrou todos os recordes dos lugares por onde passou. Foram 250 shows em 15 meses para mais de 2,5milhões de pessoas”, destaca Paulo.

Ney Matogrosso recorda como foi que conheceu Paulo Ricardo e a RPM e como foi para estrear como diretor em uma superprodução: “Conheci o Paulo Ricardo bem antes, quando ele era jornalista e escrevia para uma revista de música (...) Ele me contou que tinha uma banda (...) Quando ‘Louras Geladas’ começava a tocar timidamente no rádio, o empresário Manoel Poladian me disse que estava buscando uma banda de rock e eu sugeri que ele ouvisse os meninos. Depois de contratá-los, Poladian me perguntou se eu queria dirigir o show (...) que teve uma produção escandalosa. A minha inspiração veio toda do filme ‘Blade Runner’: tinha raio laser e luz neon em toda a beirada do palco, que parecia uma nave espacial. Foi um fenômeno para a época”.

Agende-se:

Show “Rádio Pirata ao vivo 35 anos”, de Paulo Ricardo
Dia: Sexta-feira, 18
Hora: abertura dos portões às 22h
Local: Assembleia Paraense (Av. Almirante Barroso, 4614, bairro do Souza)

Ingressos: Chilli Beans (Pátio Belém, Parque Shopping, Castanheira, Boulevard Shopping e Bosque Grão Pará), Ver-o-Chopp (Shopping Metrópole, Parque Shopping e Av. Arterial 18), Vitrine veículos (Av. Senador Lemos, 4290), Nosso Pet (Tv Nove de Janeiro, 609), Manga Jambu (Av. Almirante Wandenkolk, 373) e Hangs Burgs (Av. Tamandaré, 406).

Informações sobre Camarotes: WhatsApp (91) 98181-3376

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA