Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Paulo Moura reúne trajetória musical nos álbuns 'CDMorou'

O compositor e violonista lança vários álbuns com as músicas autorais de 41 anos de carreira

Enize Vidigal

Conhecido violonista e compositor, parceiro de muitos artistas paraenses e vencedor de festivais, Paulo Moura decidiu recentemente lançar nas plataformas digitais as músicas autorais colecionadas ao longo de 41 anos de trajetória.

A publicação começou em maio deste ano com "CDMorou 1",  logo em seguida, veio o "CDMorou 2" e, na semana passada, veio o "CDMorou 3". A previsão é que o projeto chegue a 11 álbuns, sob a edição e produção de Zé Maria Vilhena. 

O nome do projeto faz uma alusão a uma brincadeira antiga de Paulo Moura, que costumava "queimar" CDs com algumas músicas autorais para presentear os amigos. Os CDs eram denominados CDMorou pela demora do artista em lançar as próprias músicas, bem como o trocadilho com o sobrenome dele.

Ouça CDMorou 3 aqui e aqui.

Paulo Moura já teve músicas gravadas por Nilson Chaves, Beto Guedes, Lô Borges, Lula Barbosa, Simone Almeida, Arthur Nogueira, Andrea Pinheiro, Lucinnha Bastos, Vital Lima, Any Lima, Patrícia Rabelo, Sandra Duailibe, Hélio Rubens, Fabrício dos Anjos, Olivar Barreto e o saudoso Walter Bandeira, entre outros.

"Os CDMorou todos só têm músicas autorais, sendo algumas com parceiros. Em algumas eu participo tocando ou cantando como Ernestinho Braga (pseudônimo). Em muitas dessas faixas são outros parceiros cantando. Tem também faixas instrumentais", descreve. "Estou juntando músicas gravadas em estúdio e até músicas novas que gravei tocando violão em casa, do celular".

Moura é daqueles compositores de múltiplos gêneros, como samba, valsa, blues, bolero, choro, blues, tango e outros, diversidade que está presente na sequência CDMorou que traz a participação de muitos parceiros de composição e intérpretes em diferentes ritmos.

O CDMorou 3 reúne dez faixas, com destaque para o samba-canção "Negra Lágrima" gravado por Lula Barbosa, sendo a composição em co-autoria com Dudu Neves. Outro destaque é a inédita "Ladino", um choro-canção composto em parceria com o escritor e poeta Alfredo Guimarães Garcia e gravado por Ly Rabelo.

Andréa Pinheiro empresta a voz nas valsas "Outros Olhares" e "Querubim", ambas frutos da parceria de Moura com Jorge Andrade. Com Jorge, ele também assina o blues "Quase Tudo", na voz de Karina Ninni.

Lívia Rodrigues canta o samba "Esperando Sorrir" e "Sob a Sombra das Mangueiras", ambas escritas com Marcelo Sirotheau, sendo que este último canta também na faixa "Imaginária", valsa de Moura. Ainda, CDMorou 3 traz as músicas "Tá na Hora", parceria com Paulo Rocha Cunha, e o fado "Caravelas", com Márcio Farias.

Até a chegada da sequência do CDMorou nas plataformas, Paulo Moura tinha somente dois álbuns publicados, todos em parceria, que são "Jogos de Ilusão", que reúne músicas dele com Dudu Neves, e "Na Marola", álbum de estreia do grupo de choro "Trio Lobita e o Quarto Elemento", do qual participa ao lado de Andrea Pinheiro (vocal) e Tiago Lacerda (clarinete).

"Não teve um direcionamento na minha carreira. Eu não tinha atentado para isso (lançar discos próprios). Compus muito na pandemia e pensei: 'Será que as minhas músicas serão esquecidas?'. Essa foi a maneira que encontrei de registrar as minhas canções (colocando nas plataformas de streaming)", conta o artista.

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA