Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Grupo Kuatá lança o clipe de 'Que Peixe Que É'

O grupo de carimbó de Alter do Chão narra no clipe a relação do caboclo com os peixes e os rios.

Enize Vidigal O Liberal

O Grupo Kuatá de Carimbó, originário de Alter do Chão, em Santarém, lança nesta quarta-feira, 27, o videoclipe da música “Que Peixe Que É”. A música autora que fala da relação do caboclo com os peixes e os rios, já faz parte do repertório do grupo há algum tempo. O clipe chega ao canal do Alter do Som, no Youtube, às 10 horas da manhã, com a faixa subindo também para as plataformas de áudio.

Com direção de Daniel Gutierrez Govino e produção da Alter do Som, o clipe foi gravado na vila de Alter do Chão. “O vídeo conta a história de um encontro com um pescador (que vem passando com os peixes capturados no dia de trabalho) em que se pergunta: ‘Que peixe que é?’. A gente criou com o Seu Osmarino (Mestre Osmarino Farias, que tem participação especial) essa coisa mais mística do caboclo encontrar com outro ser da mata. Procuramos fazer algo natural e bem realista do nosso cotidiano”, explica Hermes Caldeira (vocal e banjo), líder do Kuatá, que protagoniza o clipe.

O vídeo mostra a paisagem amazônica, desde o passeio de barco à residência humilde de madeira, e culmina com uma animada roda de carimbó em meio à “piracaia”, evento em que as pessoas se reúnem para comer peixe assado na praia. “(A música) Pedia para falar sobre o peixe e a forma que achei foi fazer a ‘piracaia’, que é um evento familiar amazônico dos mais importantes (da vida), desde que se nasce até ficar velhinho”, conta Hermes

Uma boa piracaia pode ser com um peixe só, dependendo do tempo do ano, pode ser de uma espécie só. Pode-se fazer piracaia de várias espécies e não deixa de ser tão valiosa quanto de um peixe só. O tempero do peixe na piracaia é somente com o sal e vai com todo o bucho, às vezes vai o limão na hora e a própria fumaça, cheiro da madeira contribui.

O grupo Kuatá também é formado por Sérgio Corrêa (sax), Rudá Nóbrega (curimbó, maracas e reco-reco), Edelson Borari (curimbó e maracas), Erik Erlan Pedroso (curimbó e caixa), Luiz Manoel (maracas) e Francisco Jesus Alvarez. Além de todos os integrantes da banda e do Mestre Osmarino, também participam os dançarinos Luiara Borari e Edmir Santos Nobre.

O roteiro é assinado por Govino, Hermes e Luciana França. Govino também é responsável pela direção de fotografia; Gabriel Rêgo e Hermes, pela direção de arte; e João Albuquerque, pela edição e finalização.

Trajetória

O Kuatá toca o carimbo tradicional e também o curimbó e o marambiré, ritmos tradicionais da Festa do Çairé, encontrados apenas na Vila de Alter do Chão. O grupo criado em 2010 tem como referências os mestres Verequete, Lucindo, Chico Braga e Chico Malta e o Grupo Espanta-Cão, além de já ter tocado com Dona Onete, Silvan Galvão, Trio Manari, Gaby Amarantos, Patrícia Bastos e Manoel Cordeiro.

Em 2018, o Kuatá lançou o primeiro EP, pelo Selo Alter do Som e, este ano, o primeiro álbum, intitulado “De Cabôco Pra Cabôco” com nove faixas.

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA