Grupo Cruzeirinho representará cidade de Soure em Portugal

Grupo de cultura popular se apresentará com convite especial em cidade lusitana homônima

Lucas Costa/Redação Integrada

Um dos grupos paraenses de cultura popular mais antigos da Ilha do Marajó, o Cruzeirinho, de Soure, recebeu convite especial para ser o representante do município no aniversário da cidade homônima de Portugal. O convite foi feito pelo prefeito da cidade portuguesa durante uma visita ao município paraense, em junho deste ano.

A viagem estava programada para para este ano, entre agosto e setembro. No entanto, o tempo não foi suficiente para que o grupo pudesse organizar todos os documentos necessários. A viagem ficou para 2019 e o grupo deve começar a providenciar os passaportes para a viagem no início do ano.

A coordenadora do grupo, Maria Amélia Ribeiro, conta que o prefeito da cidade de Portugal assistiu a uma apresentação do grupo e ficou encantado com o que viu, e fez o convite para uma apresentação na cidade portuguesa. “Eles foram conhecer Soure, e querem levar um pouco da nossa cultura para a cidade portuguesa, para estimular esse intercâmbio de culturas de duas cidades com o mesmo nome”, explica Amélia.

Ela destaca a dificuldade pela falta de patrocínio. “O prefeito português se comprometeu a custear as passagens do grupo, mas existe uma dificuldade em tirar os passaportes, pois o grupo é muito grande, e os custos para isso são altos”, disse.

O grupo nasceu das rodas de carimbó, com batidas compassadas por grandes mestres locais, e hoje soma mais de 30 anos de estrada levando arte, cultura, educação e preservação de um patrimônio imaterial, representado pelas danças folclóricas do Marajó: Carimbó, Lundu Marajoara, a Chula, as Toadas de Boi Bumbá e a Mazurca.

Música