Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Escritor e músico paraenses compõem EP 'Ciganagem' em parceria à distância

O compositor Gonzaga Blantez e o escritor Alfredo Garcia fazem trabalho remoto em seu primeiro projeto conjunto

Vito Gemaque

A composição por duas pessoas geralmente envolve, além do talento de ambos, uma dose de companheirismo e intimidade com o parceiro, mas pode-se dizer que o primeiro trabalho entre o escritor paraense Alfredo Guimarães Garcia e o conhecido compositor e músico Gonzaga Blantez foi um "encontro às cegas".

Um amigo em comum de Alfredo mostrou a letra de “Ciganagem” para Blantez que sem perder tempo criou uma melodia para a canção, e para outras duas letras do escritor paraense.

O amigo em comum Paulinho Moura havia recebido umas letras que Alfredo enviara para colocar melodias. Porém, Moura repassou três delas para o Blantez, que fez o trabalho em tempo recorde.

“Não o conheci, só o conheço pelos contatos pela internet, por troca de áudios e vídeos e etc. Ainda não o conheço pessoalmente. Fiquei muito surpreso e contente com o resultado final do trabalho dele e da melodia, ele é muito criterioso e muito ágil na criação de melodias para as letras de canções”, elogia Alfredo Guimarães.

O primeiro respiro da música surgiu de maneira catártica como descreve Alfredo Garcia. “Minha produção quase sempre decorre de um processo catártico, por exemplo alguma palavra solta que eu ouço, leio, ou assistindo algum programa em TV, eu capto. E a partir dessa matriz, uma palavra ou uma frase eu vou construindo a letra. Essa letra de ‘Ciganagem’ literalmente eu sonhei com os três primeiros versos, por isso que digo que foi catártico, se acreditar algo espírita, e quando acordei foi tentando lembrar exatamente das palavras”, conta.

Gonzaga Blantez é conhecido pelo sucesso “Curió do Bico Doce” que voltou a tocar nacionalmente embalando o romance e desavenças entre os personagens paraenses Ritinha (Isis Valverde) e Zeca (Marco Pigossi) da novela das 21h, transmitida pela TV GLOBO/LIBERAL, “A Força do Querer”.

Desde a primeira parceria na segunda quinzena de fevereiro deste ano, os novos parceiros não pararam de trabalhar e contabilizam mais de uma dezena de canções feitas em ritmo quase industrial.

“Após eu ter feito uma ou duas melodias - Ciganagem foi uma delas - o Paulo mandou para ele e depois o Alfredo me retornou agradecendo a parceria, e a partir daí começamos a trocar ideias e figurinhas. Começamos a compor em parceria outras canções, acho que deve ter umas dez, ele manda o texto e eu no tempo vago vou musicando. Vai rolar muita coisa bacana”, adianta Blantez.

O primeiro EP da dupla de compositores se chamará “Ciganagem”, a canção também é o primeiro single dos amigos que já começaram a divulgar a obras nas redes sociais (YouTube, Facebook, Instagram e TikTok).

O EP terá seis composições com previsão de ser lançado no final do semestre, em todas as plataformas digitais. “Ciganagem” foi gravada em Santarém, de 19 a 24 de fevereiro, no estúdio Áudio Music, com voz e violão de Gonzaga Blantez e gaita cromática de Júnior Castro Parente.

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA