Emicida está entre os vencedores das categorias dedicadas à música brasileira no Grammy Latino

Fito Páez, Ricky Martin, J Balvin, Alejandro Sanz e Bad Bunny estão entre os premiados da 21ª edição do prêmio

Com o tema “A música nos humaniza”, a 21ª Entrega Anual do Grammy Latino contou com performances vindas de várias cidades do mundo e aproximou a todos os amantes da música do nosso território.

Com início às 17h, a Premiere premiou a maioria das categorias, incluindo as destinadas à música brasileira.Transmitida ao vivo pelo Facebook LIVE, a cerimônia dedicada ao público brasileiro trouxe musicais de Emicida e Marcos Valle além da banda Melim, com apresentação da modelo brasileira Lais Ribeiro.

O álbum APKÁ!, da cantora Céu, saiu-se melhor na categoria Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa. Ele venceu os concorrentes AnaVitória (N), As Baías (Enquanto Estamos Distantes), Marcelo Jeneci (Guaia) e Melim (Eu feat. Você).

O resultado de outra categoria forte, a de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira, pode ser considerado uma surpresa. Toninho Horta & Orquestra Fantasma ganharam pelo álbum Belo Horizonte.

É um belo disco e Toninho merece mais do que isso, mas seus concorrentes eram, industrialmente falando, muito poderosos. Toninho deixou para trás o álbum O Amor no Caos Volume 2, de Zeca Baleiro; Bloco na Rua (Deluxe), de Ney Matogrosso; Planeta Fome, de Elza Soares; e Caetano Veloso e o clarinetista Ivan Sacerdote, com o disco Caetano Veloso & Ivan Sacerdote.

Todos os brasileiros que concorriam nas chamadas categorias mistas, quando os brasileiros competem com artistas de toda a América Latina, perderam. Anitta, indicada em Melhor Música Urbana com Rave de Favela (MC Lan, Anitta, BEAM e Major Lazer), perdeu para a espanhola Rosalía e o colombiano J Balvin, por Yo X Ti, Tu X Mi.

Veja os ganhadores das categorias exclusivas para a Música em Língua Portuguesa:

Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa - APKÁ! – Céu
Melhor Álbum de Música Popular Brasileira - Belo Horizonte – Toninho Horta & Orquestra Fantasma
Melhor Canção em Língua Portuguesa - "Abricó-De-Macaco" – João Bosco
Melhor Álbum de Samba/Pagode - Samba de Jazz de Raiz, Cláudio Jorge 70 - Cláudio Jorge
Melhor Álbum de Música Sertaneja - Origens (Ao Vivo em Sete Lagoas) - Paula Fernandes
Melhor Álbum de Música de Raiz - Veia Nordestina - Mariana Aydar
Melhor Álbum de Música Cristã (em Língua Portuguesa) - Reino - Aline Barros
Melhor Álbum de Rock ou Música Alternativa em Língua Portuguesa - AmarElo - Emicida

Destaques da Premiação

Gravação do Ano - Contigo - Alejandro Sanz
Álbum do Ano - Un Canto por Mexico Vol. 1 - Natalia Lafourcade
Melhor Canção Pop - Tutu - Camilo & Pedro Capó
Canção do Ano - René - Residente
Melhor Álbum Pop Vocal - Pausa - Ricky Martin
Melhor Interpretação de Reggaeton - Bad Bunny - Yo Perreo sola
Melhor álbum de Música urbana - Colores - J Balvin
Melhor Canção de Rock - Biutiful - Mon Laferte
Melhor Álbum de Pop Rock - La Conquista Del Espacio - Fito Páez
Melhor Canção Pop Rock - La Canción de las Bestias - Fito Páez
Melhor Álbum de Cantor/Compositor - Mesa para dos - Kany Garcia
Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa - Reino - Aline Barros
Melhor artista revelação - Mike Bahía

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA