Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Coletânea: Se Rasgum apresenta novos singles de 10 artistas da Amazônia Legal; ouça

Escolhidos da última edição das Seletivas Se Rasgum apresentam resultado de processo de mentoria

O Liberal

O público já pode conhecer o que há de mais fresco na música independente da região amazônica. Está disponível nas plataformas de música os 10 singles que compõem a “Coletânea Seletivas Se Rasgum Amazônia Legal”: que traz novíssimos singles dos vencedores da última edição das Seletivas Se Rasgum.

A produção das novas faixas teve coordenação do músico gaúcho Iuri Freiberger e da produção do festival. O resultado é um recorte forte e diverso numa playlist que traz uma pitada de trap, regional, pop, eletrônico, psicodélico, R&B, rap, reggae e até mesmo punk feito só por mulheres.

Participam da coletânea: Jeff Moraes, Klitores Kaos, Karen Francis, Drin Esc, Raidol, Núbia, Iris da Selva, Soprü, Mc Super Shock e Móbile Lunar. 

Jeff apresenta o single "Gostoso Demais", onde mistura ritmos como tecnobrega, cumbia, reggae e funk, junto a uma mensagem da importância e orgulho de ser resistência ao se permitir viver um amor entre pretes. Já a banda Klitores Kaos apresenta "Império da Dor", com uma pegada crust e punk, trazendo uma introdução que chega ao doom metal num som pesado e agressivo, acompanhado de letra sobre a resistência fascista da população negra.

Entre os lançamentos tem ainda uma colaboração. Karen Francis convidou a rapper Anna Suav para um participação especial na faixa “Confissão”, que explora a sonoridade R&B com um groove experiente, guiado pela bateria e baixo gravados pelos produtores e músicos Iuri Freiberger e Kassin. Do bairro da Marambaia, Drin Esc lança "Enquanto as velas queimam", onde adentra um universo dreamy, numa canção que nos convida a fechar os olhos e aproveitar as sensações das batidas em um passeio por amores e memórias.

Raidol apresenta "Pra Eu Não te Esquecer", parceria com Malu Guedelha onde traz um retrato sobre a liberdade de amar e poder vivenciar esse amor. Do Maranhão Núbia participa da coletânea com "Pré Amar", música afrodiaspórica que aborda o sentimento de reencontro entre histórias e memórias, refletindo sobre a história dos diversos povos de diferentes países do continente africano.

Iris da Selva carrega a sensibilidade e a força em "Três Marias", com letra onde faz uma ode às mulheres ancestrais amazônidas em uma poesia guiada pelo banjo, o rufor dos tambores e das maracas. A banda Soprü, do Tocantins, lança "Sólissurto" com elementos psicodélicos num som intimista e animado.

Encerram a playlist o amapaense MC Super Shock, com "Autoafirmação", onde reafirma seus conceitos intercalando entre duas sensações; e a banda Móbile Lunar, com o single "Ao Teu Dispor", que tem como ponto de partida a imagem de uma experiência sexual que se propõe a alcançar uma conexão transcendental e mística.

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA