Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Bandas marciais de Vigia celebram o Dia Internacional do Músico com desfile nesta segunda-feira (22)

Seis bandas de música participam de assinatura de protocolo com a Prefeitura para receberem apoio

O Liberal

O Dia Internacional do Músico terá uma comemoração especial com o desfile de seis bandas de música nesta segunda-feira (22), na cidade de Vigia, nordeste paraense. O evento terá a assinatura de um protocolo da Prefeitura Municipal de Vigia, que reconhecerá o valor das bandas tradicionais para a cultura local com a garantia de um subsídio anual.

A comemoração da próxima segunda-feira começará às 18h30 com o desfile que percorrerá a Avenida Magalhães Barata, a Travessa Marcionilo Alves e a Rua Noêmia Belém até o Paço Municipal, onde o prefeito e os dirigentes das instituições musicais assinarão o protocolo.

Atualmente, Vigia tem seis bandas musicais, algumas com mais de 100 anos de história. Uma das mais antigas é a banda “31 de Agosto”, fundada há 145 anos; a “União Vigiense”, em maio completou 106 anos, e a “25 de Dezembro” (sediada na Vila de Porto Salvo), completa no próximo mês completará 96 anos de fundação.

As outras bandas são a “Maestro Vale”, “Isidoro de Castro” e “Raimundo Nobre” (Vila de Jussarateua). No total, todas as bandas somam cerca de 200 músicos em atividade de estudos e apresentações. Entretanto, devido a pandemia de covid-19, o número de alunos neste está muito baixo nas escolhinhas.

Essas formações musicais são ícones culturais de Vigia. “Sem sombra de dúvida, elas formam a mais forte identidade do nosso município; uma história cheia de personagens, sobretudo compositores e mestres – elenco que se renova. E é isso que consideramos como importante a ser preservado e incentivado. E assim cumprimos o papel do poder público em favor da cultura. Daí o esforço que estamos fazendo para viabilizar não uma ajuda transitória, mas um programa que se pretende seja consolidado ao longo dos anos futuros”, declarou diz o prefeito de Vigia, Job Xavier Palheta Júnior.

Nos próximos dias, a Prefeitura divulgará um contrato de interesse comum da Prefeitura com as seis instituições mantenedoras das bandas. O protocolo de garantia do contrato será assinado nesta segunda-feira (22), após o desfile das bandas.  A iniciativa vai permitir o pagamento, por doze meses, de um subsídio no valor de R$ 18 mil para cada banda.

Os recursos serão investidos no pagamento de monitores das escolas e de pequenas despesas mensais. Em contrapartida, as bandas abrirão vagas nas suas escolas de iniciação musical, para alunos matriculados na rede municipal de ensino; e cada banda executará, em um ano, três apresentações para entretenimento da população, inclusive no interior, conforme programa da Secretaria de Cultura, em comum acordo com as entidades.

Em um ano o município fará desembolsará R$108 mil em subsídios para as bandas, que darão contrapartida. A ideia é estruturar um programa de entretenimento musical de qualidade para a população com apresentações nas comunidades do interior e nos bairros mais carentes de cultura, no meio urbano.

O projeto de apoio às bandas tem o viés de preservação e responde a pressupostos de “educação patrimonial”. O secretário acrescenta que a SEMCULT tem plano de outras iniciativas nessa área, fomentando preservação de acervos com a edição de coletâneas de composições de autores vigienses.

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA