Alex Ribeiro lança o single 'Peito'

O cantor e compositor paraense de Bragança revela pura poesia de amor musicada

Enize Vidigal

Alex Ribeiro, cantor e compositor paraense radicado em Bragança, lança o single "Peito" acompanhado de um videoclipe caseiro, gravado em casa durante a quarentena, em voz e violão. A letra romântica fala de amor e de esperança.

"É uma canção de esperança, de uma pessoa que observa o mundo com um olhar otimista, apesar da dureza dos dias", descreve Alex.

"Os tempos estão muito estranhos e quis fazer uma canção que desperte, esperança, amor e alento".

"Compus recentemente e resolvi fazer um vídeo para divulgar pra quem necessita ouvir (essa mensagem)", conta. 

A letra reflete a mensagem de alguém que tenta dar suporte emocional a outra pessoa que está sofrendo, que se angustia e tem dúvidas.

A inspiração veio em um dia que ele tentava acalentar a esposa, Andressa, que estava com crise forte de enxaqueca. "Eu fiz a letra a partir dessa situação. Ela tem costume de dormir encostada no meu peito" - costume da intimidade do casal que é mencionada na música.

Confira a letra de "Peito": 

"Encosta tua cabeça no meu peito
E sente o travesseiro que é só teu
O mundo pode nem girar direito
Mas tens aqui um leito que sou eu
A vida pode não sair do jeito
Que a gente programou
Eu sei, meu bem
Mas a lágrima que escorre no teu rosto vai embora
E arrasta o choro e a dor também
Eu sei que a vida, às vezes, perde a graça
E a gente perde o jeito de seguir
E grita com o tempo que não passa
E passa a chorar mais do que sorrir
Porém, a vida é rio que não seca
E a enxaqueca, o rio vai levar também
E a lágrima que escorre no teu rosto vai embora
E arrasta o choro e a dor, meu bem".

 

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM CULTURA