Banda 'Metaleiras da Amazônia' lança primeiro álbum digital com show no Vila Container

Com sonoridade que mistura acordes da guitarrada e a sofisticação dos metais, banda lança trabalho autoral em apresentação gratuita

Bruna Lima
fonte

Com mais de 15 anos de carreira, a banda Metaleiras da Amazônia lança o primeiro álbum pelo selo Na Record. O público vai poder conferir o novo trabalho com show gratuito na Vila Container, nesta quinta-feira (28). Participam do trabalho o roqueiro mais antigo do Brasil, Mestre Laurentino, na faixa autoral “São Paulo (Terra dos Bandeirantes)”, que também tem a guitarra do produtor músico Marcelo Damaso.

Outro convidado é o Mestre da Guitarrada Aldo Sena, na faixa “Merengue da Pesada”, homenagem da banda ao Clube da Guitarrada. Os talentos Felipe Dias e Ricardo Dias, também convidados, podem ser ouvidos na faixa “Alma Brasileira”, música que homenageia a banda e que também traz Gileno Foinquinhos na guitarra. A baterista Layse Rodrigues também participa do álbum em duas faixas. A produção e direção musical de MG Caliber.

“O show tem entrada gratuita, na Vila Container, um lugar cultural e de livre acesso. Teremos a participação do roqueiro mais antigo do Brasil, nosso Mestre Laurentino, que é um dos convidados no álbum da banda. No dia do lançamento do álbum, estaremos comemorando os 97 anos de vida desse ícone”, diz MG Caliber.

VEJA MAIS

image Festival Sonido anuncia atrações para três dias de shows gratuitos no Mercado Francisco Bolonha
E a Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante, Amaro Freitas e Metaleiras da Amazônia estão entre as principais atrações

image No estilo 'Rockgol', bandas de Belém jogam futebol e fazem homenagem ao Mestre Laurentino
Evento conta com bandas do cenário underground da capital paraense. Evento inicia neste domingo (17), em uma arena no bairro do Umarizal

A banda Metaleiras da Amazônia foi formada em 2005, no “Terruá Pará”, projeto de transmissão da música paraense que, na ocasião, teve assessoria musical do baixista MG Calibre. A formação inicial contava com Pantoja do Pará, Pipira do Trombone e Manezinho do Sax, que deu lugar a Calibre após se apresentar dos palcos.

O álbum “Metaleiras da Amazônia” tem patrocínio da Natura, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Pará (Semear). Há mais de 20 anos a Natura mantém um compromisso com a Amazônia, desenvolvendo negócios e produtos que promovem a economia da floresta em pé, além de incentivar iniciativas de valorização da cultura, da ciência e do conhecimento que integra pessoas, florestas e cidades de forma sustentável.

“A Natura apoia iniciativas diversas que geraram impacto positivo na Amazônia há mais de 20 anos. Acreditamos que a cultura é um vetor de desenvolvimento. Entendemos a arte como uma ferramenta fundamental para construir um mundo mais bonito, resgatando identidades e saberes, valorizando a pluralidade e promovendo novos imaginários”, afirma Fernanda Paiva, Head of Global Cultural Branding.

Quem é o Mestre Laurentino? 

Roqueiro mais antigo do Brasil

Mestre Laurentino teve 27 filhos.

Compositor da obra musical “Lourinha Americana”

A canção Lourinha Americana chegou a ser regravada por Gilberto Gil e Mundo Livre S/A.

No próximo dia 1º de janeiro o mestre completa 97 anos

Serviço

Show de lançamento do álbum digital “Metaleiras da Amazônia”

Quando: quinta, dia 28, às 19h

Onde: Vila Container – avenida Governador Magalhães Barata, 62, Nazaré

A partir de sexta, 30, o álbum estará em todas as plataformas digitais

entrada franca

Palavras-chave

Cultura
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA